loja Lendo e Escrevendo

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Verum (Courtney Cole) #Resenha


Como decidir o que é real, imaginado, verdade ou mentira, quando o coração e a mente estão em constante batalha?Após a descoberta chocante de Calla no final de Nocte, o primeiro volume da série, ela precisa desesperadamente de respostas. Assim, segue com Dare para a Inglaterra a fim de tentar recuperar suas memórias. Lá ela tem a chance de se conectar com pessoas da infância de sua mãe, especialmente a avó, Eleanor, que não a deixa nada à vontade. Nessa jornada, Calla começa a descobrir os segredos do sombrio Dare.Durante esse processo, ela se lembra do diário de Finn e de todos os avisos ali escritos. Calla precisa da verdade. E precisa descobri-la sozinha.Com um misto de suspense psicológico e romance, a série Nocte apresenta uma história sombria, cheia de mistérios, reviravoltas, surpresas e um emaranhado de possibilidades que fazem a mente girar e muitas vezes levam o leitor ao desespero na ânsia de descobrir os segredos de seus personagens.

Verum é o segundo volume da série Nocte, que vem a ser meu primeiro contato com essa autora. Se eu já estava encantada com o primeiro volume, Verum veio para explodir completamente minha cabeça.

terça-feira, 15 de outubro de 2019

A intérprete” (Annette Hess) #Liateapagina100e...


Voltei com mais uma opinião parcial através da tag #liateapagina100e..., dessa vez vou falar um pouquinho sobre o que achei do inicio de “A intérprete”, livro de estreia da autora  Annette Hess que foi publicado pela Editora Arqueiro.

Primeira frase da página 100:

Eva olhou para a mesa no canto, envolta pela fumaça de cigarros.

Do que se trata o livro?

Tendo como pano de fundo os julgamentos de Auschwitz, este sucesso internacional de Annette Hess conta uma história arrebatadora sobre uma jovem disposta a enfrentar a família e a sociedade para expor as verdades mais sombrias de sua nação.Para Eva Bruhns, a Segunda Guerra Mundial é apenas uma memória nebulosa da infância. Ao fim dos conflitos, Frankfurt estava arruinada, vítima dos bombardeios dos Aliados.Agora, em 1963, a cidade está totalmente reconstruída e Eva espera, ansiosa, pelo pedido de casamento do namorado rico, sonhando com uma vida longe dos pais e da irmã.Porém, seus planos são alterados quando o impetuoso advogado David Miller a convoca para atuar como intérprete nos julgamentos do campo de concentração de Auschwitz.

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Manipuladores de Sombras (Daniel José Older) #Liateapagina100e...


Recentemente li o livro “Manipuladores de Sombras” do autor Daniel José Older, uma urban fantasy bem interessante que lembra um pouquinho Shadow Hunters e Supernatural. No post de hoje trago para vocês a minha opinião parcial sobre o inicio do livro através da tag #liateapagina100e...

Primeira frase da página 100:

Os olhos de Robbie ainda estavam fechados e sua mão ainda tocava a parede. Ela negou com a cabeça, e então lembrou que ele não conseguia vê-la.

Do que se trata o livro?

Durante as férias de verão, o único objetivo de Sierra Santiago era trabalhar na pintura de seu primeiro grande mural, na parede da Torre, o prédio mais desprezado do Brooklyn.Mas enquanto coloria seu dragão pelos cinco andares do prédio, começou a perceber que algo estranho estava acontecendo com os outros murais das redondezas. Desenhos que antes eram vibrantes e coloridos estavam desbotando, e ela jurava que tinha visto um deles chorar. Vô Lázaro, em um momento de lucidez em meio à confusão habitual de seu cérebro após um AVC, pede a Sierra, sua neta, que procure por Robbie, um garoto misterioso do colégio, para que ele a ajude a terminar o mural da Torre o mais rápido possível. A garota não entende o pedido, mas decide agir quando coisas estranhas começam a acontecer no bairro.

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Não Me Abandone Jamais (Kazuo Ishiguro) #Resenha


Kathy H. tem 31 anos e está prestes a encerrar sua carreira de cuidadora. Enquanto isso, ela relembra o tempo que passou em Hailsham, um internato inglês que dá grande ênfase às atividades artísticas e conta, entre várias outras amenidades, com bosques, um lago povoado de marrecos, uma horta e gramados impecavelmente aparados. No entanto esse internato idílico esconde uma terrível verdade: todos os alunos de Hailsham são clones, produzidos com a única finalidade de servir de peças de reposição.Assim que atingirem a idade adulta, e depois de cumprido um período como cuidadores, todos terão o mesmo destino - doar seus órgãos até concluir. Embora à primeira vista pareça pertencer ao terreno da ficção científica, o livro de Ishiguro lança mão desses doadores, em tudo e por tudo idênticos a nós, para falar da existência. Pela voz ingênua e contida de Kathy, somos conduzidos até o terreno pantanoso da solidão e da desilusão onde, vez por outra, nos sentimos prestes a atolar.

Nas minhas metas literárias sempre tem: "ler mais livros clássicos" e após o anúncio do vencedor de prêmio NOBEL de Literatura de 2017, decidi que era a hora de me arriscar com Kazuo Ichiguro; se tem uma coisa que gosto de fazer quando escolho uma leitura nova é me arriscar, sair da minha zona de conforto, conhecer novos gêneros, a lição que tiro de tudo isso é que a maioria das experiências foram maravilhosas.

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Romance tóxico (Heather Demetrios) #Resenha


Uma história contemporânea, comovente e incrivelmente honesta sobre como encontrar forças para se libertar de relacionamentos tóxicos.Grace quer sair de casa. Ela se sente sufocada pelo padrasto agressivo e pela mãe obsessiva, que a faz esfregar o chão até toda a poeira (que só ela enxerga) sumir. Quer ir embora da cidadezinha onde mora, na Califórnia, pequena demais para seus sonhos. Quer fugir da vida que leva e se tornar uma artista em Paris, uma diretora de teatro em Nova York… qualquer futuro que seja distante do medo e da solidão que sente.Então ela se aproxima de Gavin: charmoso, talentoso e adorado por todos da escola. Quando os dois se apaixonam, Grace tem certeza de que aquele romance é bom demais para ser verdade. Mas as suas amigas enxergam um outro lado do garoto — controlador e perigoso —, que, com o tempo, vai transformar o relacionamento dos dois em uma prisão da qual Grace será incapaz de escapar sozinha.

Trigger Warning: abuso verbal e emocional, suicídio, doenças mentais e estupro.

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Good Omens - Belas Maldições (Neil Gaiman e Terry Pratchett) #RESENHA


O mundo vai acabar em um sábado. No próximo sábado, para falar a verdade. Pouco antes da hora do jantar. Não há nada que possa ser feito para frustrar o Grande Plano divino. Mas quando uma freira satanista um tanto distraída estraga um esquema de troca de bebês e o pequeno Anticristo acaba sendo entregue ao casal errado, tem início uma série de erros cômicos que podem ameaçar o próprio Armagedom.Aziraphale é um anjo que atua na Inglaterra e dono de um sebo nas horas vagas. Crowley é um demônio e ex-serpente responsável pela mesma região. Ambos veem nessa confusão uma grande oportunidade, porque os dois, que vivem entre os humanos desde o Princípio, apegaram-se demais ao mundo para desejar a grande batalha entre o Céu e o Inferno.

Em sua jornada para evitar o Armagedom e encontrar o Anticristo, agora um menino de 11 anos vivendo tranquilamente em uma cidadezinha inglesa, eles acabarão trombando com uma jovem ocultista, dona do único livro que prevê com precisão os acontecimentos do fim do mundo, com caçadores de bruxas ainda na ativa e, quem sabe, até com os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Mas eles terão de ser rápidos. Não é só o tempo que está acabando...

Esta edição contém a tradução revisada a partir do original revisto, aprovado por Neil Gaiman e pelo Pratchett Estate, que corrige vários erros de digitação e imprecisões presentes em edições anteriores.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...