loja Lendo e Escrevendo

segunda-feira, 8 de julho de 2019

Vergonha (Brittainy C. Cherry) #Resenha


Um amor inesperado que surge de forma inusitada e arrebata a vida de Grace Harris. Grace Harris está perdida e sozinha em sua casa em Atlanta depois que o homem que ela pensou que ficaria a seu lado pelo resto da vida traiu sua confiança, partiu seu coração e saiu de casa, deixando seu casamento em suspenso. Grace resolve, então, passar o verão com a família em Chester, sua cidade natal, para respirar, dar um tempo de tudo. Sua vida está uma bagunça e o que ela precisa no momento é de um pouco de gentileza e compaixão.Por incrível que pareça, Grace encontra isso na pessoa mais improvável de todas: Jackson Emery, a ovelha negra da cidade. Conhecido como a erva daninha de Chester, ele é sinônimo de encrenca, e não faz nada para mudar essa imagem. Tendo perdido na infncia o que havia de mais valioso na vida, Jackson se tornou um homem amargurado e não dá a mínima para o que pensam dele. Os caminhos de Grace e Jackson acabam se cruzando de um jeito inusitado e a tristeza profunda que carregam atrai os dois como ímã. Ambos sabem que não foram feitos um para o outro, mas, como tudo vai acabar mesmo com o fim do verão, resolvem deixar rolar e se entregar a uma diversão passageira. Porém, o que Grace não imaginava é que seu coração, já destroçado, seria obrigado a aprender que certos relacionamentos são capazes de causar dores muito profundas, e que é sempre preciso fazer uma escolha.

Olá pessoas, é muito legal estar de volta ao lendo e escrevendo, quando a Pat me perguntou se eu queria fazer essa resenha topei na hora! “Vergonha” teve um hype enorme quando foi lançado lá nos USA, o booktubers gringos diziam que esse era o melhor romance/NA da Brittany; eu tenho um caso de amor e ódio com a escrita dela e logo que foi anunciado a versão brasileira, o livro entrou para a minha lista de desejados. Já adianto que essa foi mais uma das experiências de leitura que me fizeram amar a Brittany.

Como em todos o New Adult os protagonistas já não são tão adolescentes e os problemas a enfrentar são sempre mais intensos, de todos os livros que já li da autora em alguns com a mais absoluta destreza ela fez com que eu me apaixonasse e sofresse junto com eles.

Em “Vergonha” vamos acompanhar uma narração em primeira pessoa que divide o ponto de vista entre os personagens principais; a Grace é a filha mais velha do Pastor (de uma cidadezinha minúscula situada no sul dos USA, a cidade é quase um personagem do próprio livro, imaginem todos os estereótipos de cidade fofoqueira, o pior tipo de cidade que você puder imaginar), Grace casou com seu namorado do colégio, viveu bons anos de um conto de fadas, mas tudo está desmoronando, depois de sucessivos abortos, Finn (seu marido) a traiu, eles estão se divorciando e ela está voltando para casa dos pais para contar o que está acontecendo na vida dela.

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Onde Mora o Coração (Jill Shalvis) #Resenha


Em meio a amigos e filhotinhos de seu pet shop, Willa Davis leva uma vida de enorme realização profissional. Mas falta algo: a seção de sua vida “relacionamentos amorosos” anda paralisada. E nada parece estar a caminho para mudar esse destino.Keane também anda desiludido depois de muitos desencontros. Mas após receber a tarefa de cuidar da temperamental gata de sua tia-avó, ele procura uma especialista no assunto, e o destino joga suas cartas.Ele não faz a mínima ideia de quem seja a proprietária da loja de animais, mas Willa sabe exatamente quem ele é… Alguém que no passado já partiu seu coração.E nada é fácil quando se trata de duas pessoas que se fecharam para o amor.Os amigos entram em ação. Mas tão diferentes? Tão improváveis? Será que Keane mudou? Será que Willa é capaz de perdoar?Esta é uma história divertida sobre quais escolhas valem a pena e sobre como podemos evitar o olhar viciado que sabota as oportunidades... e, também, sobre aceitar a sorte quando ela aparece.

Apaixonada por animais e dona de um petshop, Willa está decidida a dar um tempo nos relacionamentos, que em sua maioria foram um fracasso, as coisas mudam quando ela se vê diante de alguém do passado que mal se lembra dela e que deu início à má fase de relacionamentos pela qual está passando.

quinta-feira, 4 de julho de 2019

There Goes my Heart (Bella Andre) #Resenha


Rory Sullivan, um renomado marceneiro artesão, não tem planos de se apaixonar tão cedo. Especialmente não por Zara Mirren, que compartilha com ele um espaço de depósito convertido em micro empresas em Bar Harbor, Maine. Enquanto ela é uma fabricante brilhante - as armações de óculos que ela projeta são praticamente obras de arte - tudo o mais sobre ela o deixa maluco. O jeito que ela está sempre assobiando músicas pop bregas. A maneira como suas xícaras de café meio cheias cobrem cada bancada disponível. E especialmente a maneira como ele não pode tirar os olhos dela quando ela entra em um ambiente... ou parar de pensar nela depois que ela sai.Zara ama tudo sobre sua carreira - projetar e fabricar armações de óculos brilhantes e divertidas satisfaz os aspectos criativos e técnicos de seu cérebro. A única desvantagem de chegar ao trabalho é esbarrar em Rory Sullivan, irritante e muito bonito demais para o seu próprio bem*...

terça-feira, 25 de junho de 2019

Luz, Câmera e Amor (Aline Sant' Ana) #Resenha


Sou Evelyn Heyley, atriz de Hollywood, e você provavelmente já ouviu meu nome em algum lugar. Batalhei anos para consolidar minha carreira e me orgulho muito de todos os projetos que abracei com amor.Mas, agora... estou prestes a receber a oportunidade da minha vida: um longa-metragem inspirado no romance da autora bestseller Shaaron W. Rockefeller.E é claro que vão me dar um par romântico incrível. Provavelmente um nome que Hollywood ama, como o Thor, da Marvel, ou até o novo James Bond.
Ao menos, era o que eu esperava.
Assim que a porta da sala de reunião se abriu, revelando o rosto estupidamente bonito daquele ator, com um perfume impactante e uma beleza digna de irritar os deuses, eu soube que meus planos tinham ido por água abaixo.
O que era a minha chance do Oscar acabou se tornando um desastre cinematográfico.

Evelyn faz parte da indústria hollywoodiana há algum tempo, dedicada e talentosa ela sempre dá o seu melhor para todo e qualquer papel que desempenhe diante das telas, mas, apesar do sucesso, ela ainda não encontrou ‘O’ papel, aquele que irá mudar tudo, quer dizer, ainda não tinha encontrado... não até agora.

sábado, 15 de junho de 2019

Agora e Sempre (Judith McNaught) #Resenha


O premiado romance histórico da autora best-seller Judith McNaught com orelha assinada por Carina Rissi.Após perder os pais em um trágico acidente, Victoria Elizabeth Seaton é enviada para a Inglaterra, onde se espera que reivindique seu lugar de direito na sociedade inglesa. Assim que chega à suntuosa propriedade de Jason Fielding, ela é vista por seu tio Charles como a mulher perfeita para o sobrinho. Assustada com a má fama do marquês de Wakefield, Tory jamais pensaria que sob a frieza e a amargura de Jason haveria lembranças de um passado doloroso a atormentá-lo. Ele, por sua vez, acredita ser incapaz de amar de verdade, quem quer que seja. Juntos, Victoria e Jason descobrirão até que ponto se pode conter um coração que quer se entregar e todos os obstáculos que só um amor verdadeiro é capaz de vencer.

Já faz algum tempo que comecei a ler romances de época e a cada dia que passa estou mais apaixonada pelo gênero. Estou sempre procurando por novas autoras (pelo menos para mim) e fiquei super feliz quando a Pah me convidou para ler e resenhar o livro Agora e Sempre, da autora Judith McNaught - publicado pela Bertrand Brasil! 

Agora e Sempre é o primeiro livro da série Sequels e conta a história de Victoria Seaton, uma jovem americana que vê seu mundo ruir com a morte de seus pais em um acidente. Sem terem para onde ir, Victoria e sua irmã são colocadas em um navio e despachadas para a Inglaterra, para viver com parentes de sua mãe que ela sequer sabia que existiam.

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Reino de Cinzas (Sarah J. Maas) #Resenha


A conclusão épica e inesquecível da série Trono de Vidro.
Trancada em um caixão de ferro, Aelin luta para permanecer forte e resistir às torturas de Maeve, pois sabe que a sobrevivência de seu povo depende disso. Mas a cada dia que passa, parece mais difícil manter a determinação. Em Terrasen, Aedion, Lysandra e seus aliados se esforçam para conter a ameaça iminente, porém a força dessa aliança pode não ser o suficiente para barrar as hordas de Erawan e proteger Terrasen da destruição total. Enquanto isso, do outro lado do oceano, Rowan não irá desistir de encontrar seu amor, sua parceira, sua rainha.À medida que os fios do destino se entrelaçam no explosivo final da série Trono de Vidro, todos devem lutar se quiserem uma chance de sobreviver.

Reino das Cinzas é o último livro #epico da série Trono de Vidro, eu estava esperando esse livro já há muitos meses e confesso que senti um pouco de dificuldade para lê-lo por conta do tamanho, mas no final as dores no braço valeram super a pena.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...