loja Lendo e Escrevendo

quarta-feira, 14 de abril de 2021

O instituto | Stephen King #resenha

No meio da noite, em uma casa no subúrbio de Minneapolis, um grupo de invasores assassina os pais de Luke e sequestra silenciosamente o menino de doze anos. A operação leva menos de dois minutos.

Quando Luke acorda, ele está no Instituto, em um quarto que parece muito o dele, exceto pelo fato de que não tem janela. E do lado de fora tem outras portas, e atrás delas, outras crianças com talentos especiais, que chegaram àquele lugar do mesmo jeito que Luke. O grupo formado por ele, Kalisha, Nick, George, Iris e o caçula, Avery Dixon, de apenas dez anos, está na Parte da Frente. Outros jovens, Luke descobre, foram levados para a Parte de Trás e nunca mais vistos.

Nessa instituição sinistra, a equipe se dedica impiedosamente a extrair dessas crianças toda a força de seus poderes paranormais. Não existem escrúpulos. Conforme cada nova vítima vai desaparecendo para a Parte de Trás, Luke fica mais e mais desesperado para escapar e procurar ajuda. Mas até hoje ninguém nunca conseguiu fugir do Instituto.

Tão aterrorizante quanto A incendiária e tão espetacular quando It: a Coisa, este novo livro de Stephen King mostra um mundo onde o bem nem sempre vence o mal.

terça-feira, 13 de abril de 2021

Por um corredor escuro (2018) | #Crítica

 

A adolescente Kit Gordy fica muito feliz quando é aceita na prestigiosa Blackboard Boarding School, mas logo ela percebe que a instituição não é exatamente o que ela pensava, já que a diretora possui estranhos poderes sobrenaturais.

Fonte
O filme Por um Corredor Escuro é uma adaptação do livro homônimo escrito por Lois Duncan e parte de uma premissa bem interessante, Kit é uma adolescente problemática vista por muitos como alguém que não tem jeito, mas as coisas mudam quando ela é convidada para uma escola “especial” para pessoas como ela, tudo o que ela precisa é ir para lá e descobrir qual o seu verdadeiro dom, simples? Seria se coisas estranhas não começassem a acontecer assim que ela coloca os pés na escola que fica localizada a uma distância considerável de tudo, possui problemas de iluminação e os celulares são confiscados, só isso já seria o terror de muitos adolescentes e adultos, mas não seria um filme de “terror” se fosse só isso, né?!

Antes que eu continue, quero deixar claro que apesar de ser uma adaptação, livro e filme possuem diferenças e de modo geral, o livro é bem melhor que o filme (nenhuma novidade quando se trata de uma adaptação, não é?!) e se vocês quiserem saber o que achei do filme é só conferir o post AQUI. Por isso, a opinião aqui é APENAS sobre O FILME mesmo, não misturem as coisas.

segunda-feira, 12 de abril de 2021

Por um corredor escuro | Lois Duncan #Resenha

Depois que uma porta se abre, não dá para controlar quem passa por ela.

Esse lugar é amaldiçoado. As palavras martelam a cabeça de Kit Gordy quando as torres da escola Blackwood surgem sobre os pesados portões de ferro. Com o passar dos dias, Kit tenta se ajustar à rotina do internato, ainda que não consiga se livrar dos frios na espinha causados pela imponente mansão e pelas histórias que rondam a propriedade. Suas colegas, então, passam a desenvolver habilidades extraordinárias, sem qualquer explicação. Os estranhos pesadelos, as vozes nos corredores escuros, as cartas de amigos e familiares que nunca chegam a seu destino: tudo isso acaba obscurecido pela magia que se esconde em cada canto de Blackwood. Quando Kit finalmente descobrir a verdade por trás daquela escola, pode ser tarde demais.

sábado, 10 de abril de 2021

Oito Detetives | Alex Pavesi #Resenha

“PERFEITO PARA OS FÃS DE AGATHA CHRISTIE E SHERLOCK HOLMES!” Existem regras para mistérios em que há um assassinato. Deve haver uma vítima. Um suspeito. Um detetive. O restante é apenas embaralhar a sequência de fatos para enganar o leitor. O matemático Grant McAllister resolveu esse raciocínio para escrever sete histórias de detetive calculando as diferentes ordens e possibilidades. E, por trinta anos, essas histórias pareceram perfeitas aos olhos de todos. Agora, vivendo recluso numa remota ilha do Mediterrâneo, vendo a vida passar, ele é descoberto por Julia Hart, uma editora ambiciosa e esperta. Julia quer republicar o livro de Grant, mas nota muitos pontos inconsistentes, quase propositais. Aos olhos de uma profissional, parecem pistas de crimes reais... Ela decide investigar. Em uma batalha intelectual com um adversário perigosamente inteligente, Júlia percebe que há um mistério maior por trás dos livros... Grant deixou as pistas para conectar os livros ou assassinatos da vida real? Toda investigação parte de evidências. Mas, e se elas fossem disfarces de algo mais grave?

Grant McAllister foi um escritor de um único livro: Os Assassinatos Brancos. Antes de se tornar escritor ele era um professor de matemática. Ele acabou usando um artigo científico que escreveu sobre a estrutura de romances de assassinatos para embasar as sete histórias de seu livro. Hoje, depois de mais de trinta anos, ele vive uma vida pacata e tranquila em uma ilha do Mediterrâneo, até que uma editora se interessa em republicar seu livro.

sexta-feira, 9 de abril de 2021

Lançamentos | Editora Planeta - 2ª quinzena de Abril

 

Preparados para conhecer os lançamentos da Editora Planeta que chegam às lojas entre Abril e Maio? Vamos lá!

Sol e tormenta, de Leigh Bardugo

Segundo volume da trilogia Sombra e ossos, que inspirou a série da Netflix.

Na aguardada continuação de Sombra e Ossos, Alina e Maly precisam fugir das garras do Darkling após o terrível confronto na Dobra das Sombras.

Apesar de finalmente ter se reunido com a pessoa mais importante de sua vida e de se ver livre do controle de Darkling e das pressões da corte, Alina está atormentada pela culpa depois dos acontecimentos na Dobra. Mas não há tempo para reflexões quando o seu principal objetivo é sobreviver. Nessa fuga frenética, em que precisa correr por sua vida e pelo destino de seu país, a Conjuradora do Sol acaba encontrando aliados – e inimigos – em figuras que nunca imaginou, como no corsário misterioso que é muito mais do que aparenta ser.

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Quinta Retrô | Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, de Sarah MacLean

 

Sarah MacLean é uma das autoras de romances de época que encantou milhares de leitores nos últimos anos. Em 2016 a Editora Arqueiro publicou o primeiro volume da trilogia Os Números do Amor e desde então tenho tentado ler todos os livros da autora que são publicados no Brasil.

“Com um texto leve, inteligente e sensual, Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, o primeiro volume da trilogia, levou Sarah MacLean às listas de mais vendidos e foi escolhido um dos dez melhores romances de época pela Publishers Weekly no ano de seu lançamento”*.

💘 Vocês já conheciam/leram o primeiro volume de Os Números do amor?

Para os que ainda não conhecem ou não leram o livro, vou deixar um trechinho da resenha que vocês encontram na integra aqui.

“Com uma narrativa fluida e um enredo envolvente, Sarah MacLean nos mostra como se livrar dos moldes da vida, de como nem sempre a felicidade é encontra em seu estado puro, precisamos batalhar por ela; se você gosta do gênero romance de época esse livro definitivamente foi feito para você e se você não gosta, leia e passará a gostar.

(...)

Com um pano de fundo de bailes, regras da alta sociedade e aventuras não só Gabriel e Callie vão ganhando nossos corações, mas todos os personagens secundários são muito bem construídos e colocados, é incrível como Sarah Maclean consegue nos arrancar risadas e suspiros; com ingenuidade e malicia na medida certa esse sem dúvidas é um livro que merece destaque na estante por deixar claro a lição de liberdade e empoderamento feminino.”

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...