quinta-feira, 1 de março de 2012

RESENHA – Amante Liberto (J.R. Ward)


Quinto volume da série Irmandade da Adaga Negra, para conhecer mais sobre a série clique AQUI.

Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, a guerra explode entre vampiros e seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. O coração gelado de um predador será aquecido mesmo contra a sua vontade…
Destemido e brilhante, Vishous, filho de Bloodletter, possui uma maldição destrutiva e a capacidade assustadora de prever o futuro. Criado no campo de guerra de seu pai, ele sofreu maus tratos e abusos físicos e psicológicos. Membro da Irmandade, ele não se interessa por amor nem emoção, apenas pela batalha com a Sociedade Redutora. Mas quando uma lesão mortal faz com que fique sob os cuidados de uma cirurgiã humana, a Dra. Jane Whitcomb, ele é levado a revelar a dor que esconde e a experimentar o verdadeiro prazer de pela primeira vez… Até que o destino, que V. não escolheu, o leva para um futuro do qual Jane não faz parte.

Cuidado pode conter Spoilers!

Até agora nenhum dos irmãos teve um passado fácil, tranquilo ou bom, Wrath presenciou o assassinato de toda família e não pode fazer nada, Rhage era um inconsequente que acabou amaldiçoado, Z. sofreu demais nas mãos da Ama até que foi solto por seu gêmeo, Butch era maltratado pelo pai e desprezado pelos irmãos, e agora em Amante Liberto iremos descobrir um pouco mais sobre o guerreiro Vishous,

No livros vemos que V., foi criado num acampamento de guerreiros liderados por seu pai, o cruel e sanguinário Bloodletter, que convenhamos não era nenhum bom exemplo de compaixão e cuidados para com os outros, quando lemos as passagens referentes ao tempo de V. no acampamentos começamos a entender as predileções sexuais de V., e até mesmo seu comportamento por vezes frio e distante, exceto, até então com Butch, e o porque dele mesmo se considerar um maluco pervertido.

Em uma de suas caçadas ele se depara com redutores e acaba baleado e socorrido por médicos humanos, indo inclusive parar no hospital e sendo submetido a uma cirurgia cardíaca, ele não passa muito tempo no hospital, pois Rhage, Butch e Phury vão resgatá-lo das mãos humanas, e por conta disso e do rápido sentimento de “posse” de V. por sua médica humana, Jane,  os cinco acabam sequestrando e levando-a ao completo da irmandade (nem precisa dizer que o Wrath não ficou nada feliz com isso).

Ele inicialmente não entende esse sentimento de posse, e nega seus sentimentos, principalmente porque até então se achava apaixonado por seu melhor amigo Butch (quem tinha esperanças que esses dois ficassem juntos, pode esquecer a autora minou completamente essa hipótese), porém mesmo negando seus sentimentos, sua relação com Jane se desenvolve muito rápido (por parte de ambos), e como não poderia deixar de ser as coisas não ficam mais fáceis.

Pra complicar um pouco mais a situação que conta com o fato de Jane ser humana e não poder se misturar com o mundo da irmandade, Vishous (um pouco antes de levar um tiro) conhece sua mãe (o que explica os dons que ele tem – a mão que brilha e o fato de prever o futuro), que lhe designa uma tarefa que não ajuda em nada a relação dele com a sua humana.

A história já começa a introduzir o contexto para os próximos livros, principalmente para o sexto, Amante Consagrado. A narração da autora continua boa como nos anteriores, porém na minha opinião falta um pouco de sustentação no que diz respeito á guerra contra os redutores, porque essa não é muito bem explicada.

A capa nacional lembra muito a capa americana do livro Lover Mine (o oitavo da série), mas funciona bem para a história.

Capa original do livro "Lover Mine" Capa nacional do livro "Amante Liberto"

Livro: Amante Liberto
Autora: J.R. Ward
ISBN: 978-85-7930-210-7
Formato: 15,7 x 23,0 cm
Páginas: 496

2 comentários:

  1. Essa série é demais!
    J.R. Ward tem uma escrita deliciosa! Espero que ela mantenha o mesmo nivel em outros livros...

    Bjs
    Bia
    www.amormisterioesangue.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também espero viu... o legal da série é que as publicações entre um e outro não são muito demoradas, e a tradução da universo tb está saindo bem rapido, a unica coisa chata disso e que pode acabar caindo um pouco o nivel dos livros, e no caso das traduções a editora já (por duas vezes) acaba liberando o livro para as vendas com partes faltando

      Excluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...