quarta-feira, 12 de setembro de 2012

RESENHA – 50 Tons mais Escuros (E.L. James)




Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua carreira, trabalhando numa editora de livros.
Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível.
Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida.


LIVRO PARA MAIORES DE 18 ANOS


Se no primeiro livro da série a autora deu a impressão de que ao tentar escrever um livro adulto ela acabou escrevendo um YA (MUITO improprio para a faixa etária que esse tipo de livro é designado) e com uma escrita fraca, nesse essa impressão continua, não digo isso pelo livro ser ruim, pois não é o caso, ele melhora muito em relação ao primeiro, os problemas são a forma na qual a historia é narrada e a escrita da autora que se parece mais com livros juvenis do que com livros adultos, vejam Maya Banks, Brynn Paulin, Jo Davis (...) que também escrevem livros eróticos há algum tempo e tem, em minha opinião, uma escrita mais apropriada para esse tipo de literatura.

Bom, como disse o livro é melhor em relação ao primeiro, isso porque apresenta mais história e nela conhecemos mais sobre os personagens e não apenas os pretextos para que eles acabem transando (esqueçam BSDM nesse livro, que quase não aparece). Porém, Ana continua confusa e se sentindo insuficiente para suprir as necessidades de Christian Grey. Ele por outro lado, passa praticamente todo o livro tentando fazer com que ela veja que isso não é verdade.

A narração continua em primeira pessoa, no caso a Ana, e infelizmente a autora novamente deixou a deseja nesse aspecto, PRINCIPALMENTE em uma cena que eu queria MUITO ter lido, mas como só acontece entre o Christian e a mãe dele, só podemos imaginar o que aconteceu, e não que faça falta, mas seria uma cena que acredito acrescentaria um pouco de drama no livro.

Voltando a Ana, ela cresce como personagem e mesmo estando um pouco confusa a maior parte do tempo, ela mostra que não é a menina indefesa que inspirou sua personagem, Jack seu novo chefe está de prova disso, e Ray, seu padrasto que quase não aparece nesse livro, ganha muitos pontos positivos, mesmo que indiretamente.

Conclusão: se a autora conseguir melhorar sua escrita, o terceiro livro promete ser muito bem e superar os dois primeiros.

Livro: 50 tons mais escuros
Autora: EL James
Editora: Intrínseca
I.S.B.N.: 9788580572100
Formato: 23x16
Paginas: 512

6 comentários:

  1. Quer dizer então que no segundo livro Ana ainda continua na indecisão e Grey tentando convencê-la que ela 'vale a pena'...não to nem um pouco empolgada pra ler mais 500 páginas e continuar na mesma rsrsr. Adorei a sinceridade da resenha.
    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela realmente continua confusa, mas o lado positivo foi que ela amadureceu e cresceu um pouco em relaçao ao primeiro livro, o que já ajuda bastante, o meu problema com esse livro é mesmo a escrita da autora que embora tenha dado uma leve melhorada, continua fraca

      bjos

      Excluir
    2. Eu adoro o livro não tanto pelo seu lado erotico mais sim na historia em sí ao mesmo tempo que fala sobre sexo fala de fraquessa ,medos , vontade de superar obseção ; é envolvente quanto mais voce le mais voce quer sabe a escrita é simples mais é envolvente de deixa imaginado sempe querendo ler mais , Gostei 2 estou termiando ...ansiosa para o 3

      Excluir
    3. Eu adoro o livro não tanto pelo seu lado erotico mais sim na historia em sí ,ao mesmo tempo que fala sobre sexo fala de fraqueza ,medos , vontade de superar obseção ; é envolvente quanto mais voce le mais voce quer sabe a escrita é simples mais é apaixonante ,te deixa imaginado sempre querendo ler mais , Gostei 2 estou terminando ...ansiosa para o 3

      Excluir
  2. não gostei do livro. Achei adolescente demais, apaixonite demais. Mesmo que o leitor não esteja atrás de uma escrita literária, o texto é muito fraco. Lembra muito aqueles livros de banca da década de 80 "Júlia, Bianca, Sabrina", só que um pouco mais erotizado. Fico pensando, pelo número de leitores, ou leitoras, que está tendo estes livros, que a mulher do século XXI, que lutou tanto pela igualdade de direito e de condições, que é na maioria das vezes a provedora do lar e cria os filhos sozinhas; que elas querem na verdade é um príncipe encantado ou que seja capaz de mudar um homem pela força do amor que sentem (Cristian Grey). Mesmo sendo ou aparentando ser, fortes independentes e autossuficientes ainda povoa no imaginárias de muitas mulheres o ideal romântico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. até os livros de banca são mais bem escritos =D

      Excluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...