sexta-feira, 21 de setembro de 2012

RESENHA – Bem mais perto: Acordando para uma vida nova (Susane Colasanti)


Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele.

Um dos motivos para que eu lesse “Bem Mais Perto” foi que precisava de um livro que se enquadrasse nas regras do Debut Author Challenge, mas o mais decisivo mesmo foi que a sinopse (que vocês leram – não) me lembrou MUITO do extinto seriado “Felicity”, fato que cheguei inclusive a comentar em algumas resenhas dos blogs que acompanho. Bom, porque me lembrou de Felicity? Em primeiro lugar, porque Felicity, que sempre foi apaixonada por Ben decide se mudar para NY e cursar a mesma universidade que ele, assim poderiam ficar perto um do outro e com isso quem sabe ele não se apaixonasse por ela. Alguma semelhança? Pode-se dizer que o enredo, a base para a historia é praticamente a mesma, e eu que adorava o seriado, acompanhei todos os episódios e ficava frustrada quando o Sbt decidia pular um episodio, ou parar de passar a série, não podia deixar de ler esse livro que só pela sinopse me lembrou de uma série de quatro temporadas que eu adorava e que poderia ter durado mais.

Veja bem, sei que o ideal é não ler um livro criando grandes expectativas, já que na maioria das vezes você se decepciona, não que esse livro tenha me decepcionado, mas esperava um livro mais denso, mas dramático de uma forma geral, e não foi bem o caso. O livro, na verdade, é extremamente voltado para um publico mais jovem, um verdadeiro YA, e quando vemos a proposta da autora de criar uma leitura leve, rápida e gostosa, vemos que ela acertou em cheio.

O livro é rápido de ler, as 236 páginas parecem voar, e a leitura flui bastante. Do meu ponto de vista, Brooke é meio sem noção, ela NUNCA falou com ele, e quando faz só troca umas poucas palavras, depois quando descobre que ele vai se mudar para NY, ela decide que vai também, para isso pede para morar com o pais que não vê há 6 anos, e com quem não tem nenhum contato. A principio sua mãe não concorda, mas quando Brooke diz que um ambiente acadêmico mais estimulante a ajudaria, relutantemente sua mãe a deixa partir.

Em Ny, Brooke consegue, praticamente no primeiro dia de aula, iniciar sua amizade com Scott e assim ficar mais próxima dele e no momento certo contar que foram feitos um para o outro, de certa forma, as coisas até que acontecem de modo muito fácil para ela, exceto uma de suas melhores amigas que se recusa em manter contato, pois também gostava de Scott.

Não dá para falar muito da historia sem revelar o que acontece, mas...

“Você nunca consegue conhecer alguém completamente, não importa o quanto ache que conheça” p. 47.

Finalmente, pode-se dizer que o livro é uma espécie de filme da sessão da tarde, daqueles que você assiste quando nada mais está passando, e você quer algo divertido e que passe de uma forma que seja prazerosa de acompanhar.

Tem uma citação do livro na página 204 que resume bem o crescimento da personagem e o quanto ela abriu os olhos para o que realmente estava acontecendo, mas como entregaria o final do livro para quem não leu não vou colocar aqui com letra branca e quem quiser ler fique a vontade, mas fica o aviso TEM SPOILER:

“O objetivo dessa jornada não foi ficar com um determinado garoto. Foi descobrir quem eu sou, perceber o que poderia ser. Mudar para Nova York foi mais importante que seguir Scott. Estar com ele foi muito importante, mas ele era apenas um catalisador. Ele era uma maneira de manter meu sonho vivo. Eu o criei como alguém que seria a resposta para tudo que eu queria” p. 204.

“É estranho como às vezes as pequenas decisões podem mudar sua vida para sempre”. Felicity, ep. 01

Quem tiver curiosidade sobre a série basta procurar no Youtube por Felicity legendado piloto, e ver o primeiro episódio.


Livro: Bem Mais Perto
Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630151
Páginas: 240
Formato: 16x23x1,6




Essa resenha faz parte do Debut Author Challenge Brasil 2012 hospedado pelo Garota It.

2 comentários:

  1. Olá!!

    Nao gostei desse livro.

    A protagonista não tem uma estrutura psicológica que diz ter (ser inteligente e independente) além do que, ela amadurece de uma página para outra... ai ai..

    concordo com você sobre o livro ser uma espécie de sessão da tarde. u.u

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag
    http://wordinmybag.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu problema com esse livro foi mais de esperar algo e nao ter nada do que esperava, acho q se nao tivesse expectativas teria aproveitado mais, e realmente a personagem amadurece de repente, parece que caiu a ficha e ela "acordou pra vida" repentinamente.

      bjos

      Excluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...