loja Lendo e Escrevendo: RESENHA - Toda Sua (Sylvia Day)

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

RESENHA - Toda Sua (Sylvia Day)


Primeiro volume da trilogia Crossfire

Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela — e provavelmente qualquer outra pessoa — já viu.
Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer — e é claro que Eva acaba se entregando.
Uma relação intensa começa. O sexo é incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam — o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

LIVRO IMPRÓPRIO PARA MENORES DE 18 ANOS


Você já teve, enquanto li algum livro, um momento de déjà vu? Não? Sorte sua, assim a leitura continua a ser novidade. Sim? Não sei se assim como eu, você acha isso um saco, porque honestamente eu acho isso um saco e bem grande, primeiro porque a leitura perde toda a graça e segundo porque o livro se torna até certo ponto previsível, e infelizmente foi o que aconteceu com esse livro.

“Toda Sua” lembra muito o primeiro livro da trilogia “50 tons de cinza”, mas não se preocupem, há diferenças que tornam os livros diferentes, a primeira e mais gritante, é a escrita da autora, seja por ela já ter alguma experiência nesse ramo e já ter escrito vários outros livros, ou por simplesmente por escrever melhor mesmo. Isso mesmo “Toda sua” é um livro com uma escrita muito boa (a tradução também não deixa a desejar), e segundo (mas não tão relevante) é que quando Ana conhece Grey (50 tons), e Eva conhece Gideon (Toda Sua) as duas caem de quatro literalmente e é ai que tudo começa,
as demais diferenças são um pouco mais sutis, mas mesmo assim ajudam a diferenciar os livros.

Eva, é uma personagem mais bem construída e elaborada, também posso dizer que a personagem parece ser mais profunda e não tão superficial como Ana em “50 tons”, o fato é que Eva, ao mesmo tempo pode ser frágil e forte, adequando-se as situações quase perfeitamente, exceto quando alguns “gatilhos” traumáticos são disparados e ela foge, refletindo sobre a situação depois da fuga, pode ser até que ela se arrependa de algo, se repreenda por isso, mas nem por isso deixa de seguir em frente.

Gideon, ao mesmo tempo em que é extremamente controlador, sabe ceder e para isso não é preciso grande esforço de Eva, já que nessa relação eles tem papeis quase iguais, isso, pois ambos já sofreram muito e tem seus traumas – o de Eva é revelado na metade do livro – e talvez por isso estejam mais “aptos” a se entenderem e a superarem as diferenças que surgem no decorrer do livro.

O livro como disse acima não é recomendado para menores de 18 anos, e sim, o livro tem um aviso na parte de trás que poderia ser maior, já que a maioria das pessoas só lê a sinopse mesmo, eu, por exemplo, nunca reparo na outras coisas que estão escritas abaixo da sinopse.

Ah, e não disse que o livro lembra muito o “50 tons”? Então, olha só o que tem nos agradecimentos:

“A E.L. James, que escreveu uma história que cativou os leitores e criou um desejo por mais obras como a sua. Você é demais!” p. 273.

Livro: Toda Sua
Autora: Sylvia Day
Páginas: 280 pp.
Formato: 16.00 x 23.00 cm
ISBN: 9788565530118

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...