terça-feira, 9 de julho de 2013

Roteiro de Viagem literária: Anna e o Beijo Francês



As férias chegaram e a vontade de viajar também (essa já existe faz tempo rs) por isso  começa hoje uma nova coluna aqui no blog, a principio será semanal (todos os sábados e hoje que é feriado aqui em SP), depois estou pensando fazer algo quinzenal, isso vai depender do conteúdo dos livros que eu ler, já explico o motivo:

A ideia é apresentar mini roteiros de viagem baseados em lugares que aparecem nos livros, nesse caso não valem lugares fictícios, só os de verdade mesmo (por isso vai depender dos livros).

Para meu primeiro Roteiro de Viagem Literária eu escolhi o fofo Anna e o Beijo Francês”, que me levou a uma viagem leve e romântica por Paris nos dias de hoje, o foco do livro não são os lugares, mas mesmo assim que tal conhecer um pouquinho mais sobre aqueles que são citados?

Comecemos por Paris, a cidade Luz onde se passa a história:
Conhecida como a cidade Luz, por causa do período do Iluminismo, no qual teve papel importante, e durante o qual intelectuais, filósofos, artistas,..., eram atraídos para a cidade como “moscas”. Ironicamente, muita gente acha que Paris é chamada assim, por causa da quantidade de lâmpadas (sério?! Eu podia não saber o porquê do apelido, mas achar que era por causa das lâmpadas é um pouco demais). Paris é conhecida como um centro de refinamento, de arte e de cultura, e muitas vezes (por ignorância) julgada como um povo esnobe e fútil. A cidade possui uma área total de 105.397 km2 e aproximadamente 2,5 milhões de habitantes. Além disso, os pontos mais conhecidos da França ficam em Paris.



Locais citados no livro:
Rio Sena:
Principal rio da França corta a capital tem uma extensão de 776km. Pode-se dizer que o rio é um ponto de referencia para os turistas, isso porque todos os pontos que são mais visitados ficam situados próximos as margens desse extenso rio.





Igreja Saint-Étienne du Mont:

“Nós estamos parados em frente a uma catedral absolutamente monstruosa. Quatro grossas colunas erguem uma fachada gótica de estatuas imponentes, janelas em forma de rosáceas e gravuras intrigantes. Uma torre fina que abriga um sino se ergue pela escuridão do céu norturno” p. 62

Essa é a descrição que a Anna faz da igreja de St. Clair, que terminou de ser construída em 1651, ela teve seu auge em meados do século 17 e 18, depois perdeu um pouco do “prestigio” para a Notre Dame. Foi fechada durante a Revolução Francesa e depois reaberta, em um site de turistas vi que a igreja não fica sempre aberta e recebe apenas visitas guiadas.




Notre-Dame
Cenário de uma das cenas mais fofas entre os personagens (eu acho fofo a Anna ajudando o Étienne nas escadas), a Catedral de Notre-Dame é dedicada a Maria, por isso tem esse nome -> Notre-Dame = Nossa Senhora, e é rodeada pelas águas do rio Sena (não disse que o rio era ponto de referência).
A Catedral tem toda uma história, e acreditem ela é BEM GRANDE, mas não sei vocês quando me falam em Notre-Dame, eu lembro do corcunda!





Point zéro des routes de France ou Ponto Zero da França
O lugar onde tudo começou, Étienne diz a Anna que quando se está no marco zero deve-se fazer um pedido que ele irá se realizar, isso é uma tradição seguida por todos os turistas. Já sabem se forem a Paris, pensem em um pedido!




Fontes de pesquisa: wikipédia, google, ci

6 comentários:

  1. Adorei essa coluna! De verdade. Esse livro é muito fofo mesmo. Mas senti falta de um cenário: quando eles fazem um pique-nique no cemitério. Não sei se o nome é mencionado, mas tem toda cara de ser Père Lachaise. Tem várias celebridades enterradas lá (Jim Morrison, Oscar Wild etc.) e é bastante visitado por turistas. Tem até um mapa dos túmulos!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VERDADE! esqueci do cemitério... depois que voc6e falou fui procurar novamente pra ver se achava o nome certinho para atualizar o post, mas ainda não achei vou continuar procurando.

      bjos

      Excluir
  2. Que ideia legal essa coluna! Gostei muito!
    Ainda não li "Anna e o beijo francês", mas quem não sonha em conhecer a França, né? hehehe
    Acabei de conhecer seu blog pelo Facebook e já estou seguindo. =)

    bjs,
    Carla
    http://linhas--soltas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      se tiver a oportunidade leia o livro é bem legal!

      bjo

      Excluir
  3. Oi Pah, tudo bem?

    Que tudo essa coluna, que vontade de ir pra França agora! rsrs

    Esse livro é muito fofo, quando terminei ele coloquei na minha lista de coisas para conhecer a Catedral de Notre-Dame, ir ao Point zéro e conhecer a livraria que eles vão *-*

    Beijos,

    Pah - Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que gostou =D
      O livro realmente é ótimo

      bjos

      Excluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...