loja Lendo e Escrevendo: [RESENHA] Guerra Mundial Z: Uma História Oral da Guerra dos Zumbis (Max Brooks)

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

[RESENHA] Guerra Mundial Z: Uma História Oral da Guerra dos Zumbis (Max Brooks)



Em Guerra Mundial Z – Uma história oral da guerra dos zumbis, Max Brooks faz uma paródia dos guias de sobrevivência convencionais e expõe a paranoia coletiva que tomou conta do mundo, em especial dos Estados Unidos, na era Bush. O narrador de Brooks é um integrante da comissão da ONU encarregado de elaborar o relatório sobre o assustador conflito que quase aniquilou o planeta. Da identificação do paciente zero, contaminado nas ruínas de Dachang, na China, até Mary Jô Miller, a arquiteta de elite que pode pagar para se proteger, passando pelo depoimento de um soldado da infantaria que lutou no conflito, nada escapa à verve do autor.

Não sei se já aconteceu de vocês julgarem um livro antes de ler, só lerem porque ganharam e no final estarem, felizmente, totalmente equivocados sobre o livro. Sim, já deveria ter parado com essa mania, mas pelo menos dessa vez não foi por causa da capa e nem da sinopse, e sim por causa do trailer do filme.

Quando Guerra Mundial Z estreou no cinema a primeira coisa que chamou minha atenção foi o Brad Pitt, mas parou por ai, gosto de filmes e séries relacionados a zumbis, mas esse não parecia ter nada demais, e por isso não fui ao cinema, não vi o filme, e não pretendia ler o livro por achar que também não teria nada demais, MAS estava totalmente errada e o livro tem sim um diferencial que faz com que a leitura valha a pena.

Esqueça o que você sabe sobre livros de zumbis, principalmente desses em que a história é linear e contada por apenas um personagem, Guerra Mundial Z é bem diferente e começa por esse aspecto, o livro como o subtítulo diz, é um relato da guerra, são relatos feitos por sobreviventes, nesses relatos vemos tudo desde o começo, as manobras do governo para evitar e encobrir o que estava acontecendo, a reação da população ao redor do mundo. São relatos que vão desde as pessoas mais simples, até as mais importantes da época em que tudo começou, vemos também as consequências da guerra e como todos podem ser cruéis quando se trata de sobrevivência, mostram como algumas reagiram antes, outras durante, e o que está acontecendo agora.

“A maioria das pessoas não acredita que uma coisa possa acontecer até que ela realmente aconteça. Não culpo ninguém por não acreditar”. p. 42

Os relatos são curtos e contam os principais acontecimentos nas vidas dessas pessoas, em alguns momentos o entrevistador (que no cinema é interpretado pelo Brad), coloca algumas perguntas para que fique mais fácil ao leitor imaginar a situação, o texto foi tão bem feito que realmente parece que tudo aquilo de fato aconteceu, fora que a situação que causou tudo isso realmente poderia ocorrer, dando novamente um toque de “realidade”, aquela sensação de que essas pessoas passaram por aquilo.

Para que vocês entendam melhor separei essa parte que também faz parte da sinopse disponibilizada no site da Rocco:

Irônico, Brooks destaca ainda o quanto os homens são ingênuos em achar que podem se defender de pragas e criaturas alienígenas. Governos corruptos e com interesses eleitoreiros podem destruir qualquer Departamento de Defesa, ou conduzi-lo para o front errado. O autor mostra ainda como as sociedades desmoronaram e foram forçadas a se reorganizar após o colapso das instituições que as mantinham, levando as pessoas a atos extremos de heroísmo e altruísmo, bem como de egoísmo e mesquinhez.

Além de recorrer ao fantástico para traçar um painel das reações humanas diante de crises e tragédias inexplicáveis, Brooks tece comentários ácidos sobre temas diversos como o autoritarismo na China e na União Soviética; a falsificação de relatórios de inteligência por parte do governo dos Estados Unidos para justificar a invasão ao Iraque em 2003; o impacto social e ambiental de grandes empreendimentos como a represa de Três Gargantas, na China; a opressão imposta por regimes fundamentalistas, como o talibã no Afeganistão e o tráfico internacional de órgãos, envolvendo países como o Brasil.

Recomendo o livro para todos, e para quem achar que vai ficar com nojo por causa dos zumbis, saibam que eles aparecem apenas quando descrevem uma cena de ataque, o livro é totalmente voltado aos sobreviventes.

Livro: Guerra Mundial Z
Autor: Max Brooks
Editora: Rocco
Formato: 14x21 cm
Páginas: 368
I.S.B.N.: 9788532525550

Esse livro faz parte das leituras para o DESAFIO REALMENTE DESAFIANTE de 2013, referente ao desafio número 14 no qual deveria ler um livro de zumbis.

15 comentários:

  1. Nunca li nada de zumbis, mas confesso que depois da tentativa de assistir The walking dead estou fugindo destes seres, no entanto você diz que aqui eles não são tão nojentos, assim eu posso até tentar.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu prefiro os filmes e série aos livros, mas esse me surpreendeu bastante. Nesse livro o foco não são os zumbis, e sim os sobreviventes, e por incrível que pareça os zumbis quase não aparecem, quer dizer eles estão em todos os relatos, em alguns ainda não sabiam o que estavam acontecendo então são descritos apenas como pessoas fora de controle, em outros casos há uma descrição das "criaturas", mas mesmo assim o foco é na situação e na pessoa que narra.

      bjos

      Excluir
  2. Eu vi o filme e não achei grandes coisas, mas o livro parece ser bom.

    http://vivendocomodeve.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não vi o filme, mas pretendo assistir para comparar com o livro. admito que o filme não me chamou a atenção e que só parei para ler pq ganhei o livro em um evento que participei, gostei da escrita do autor e por ser um livro bem diferente.

      Excluir
  3. Não li o livro mas assisti ao filme e achei bem parado. Espero que o livro seja melhor.

    Abraços
    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não assisti ao filme, mas pretendo. Eu gostei do livro, é bem diferente do que estou acostumada, e o autor ainda faz criticas a sociedade atual.

      Abraços

      Excluir
  4. Oi, Pat!
    Sorturdaaaa rs
    Eu não sabia nada sobre o livro, sinceramente. Mas sua resenha me deixou bem curioso, principalmente por essa caracteristica de ser diferente dos relatos sobre virus e tal.
    Eu quero ler, mas comprar vai ser beeem dificil, então ficarei contente em ver o filme.
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi... eu sabia do livro, mas não tinha muito interesse não pq o trailer do filme não chamou nem um pouco a minha atenção, li o livro porque ganhei, mas foi uma surpresa bem agradável pq o livro é bem legal.

      bjos

      Excluir
  5. Oi Pah! Teve um sorteio desse livro no blog, ele é realmente ótimo!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  6. Eu assisti o filme e não gostei muito. Achei o final meio sem explicação e um pouco heróico demais até...tipo, nada dá errado pro protagonista sabe? Isso me incomoda na maioria das vezes. O livro parece seguir um caminho bem diferente, mas não sei se o leria, pelo menos não agora rs.

    www.resenhasealgomais.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme eu ainda não vi, mas a maioria disse que não gostou mesmo, quero ver para comparar

      bjs

      Excluir
  7. Oi Pah,
    tudo bem?
    Eu não gosto de histórias de zumbis, então, nunca compraria esse livro e sinceramente, mesmo que o ganhasse, nunca leria. Mas depois do que você falou, mudei de ideia, não em gostar de ler sobre zumbis, mas sim, porque esse livro não fala sobre eles na verdade.
    Fica aí a dica para os autores e editoras: cuidado com o que colocam nas sinopses e títulos de livros!!
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://www.cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São poucas as passagens com zumbis, e o foco do livro são os relatos dos sobreviventes, o livro é composto por esses relatos basicamente.

      bjos

      Excluir
  8. Oi adorei sua resenha....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...