terça-feira, 12 de novembro de 2013

Lançamentos dos mês da Editora Bertrand





Riquezas Ocultas – Nora Roberts
Dora Conroy é dona de um antiquário da Filadélfia e comprou uma série de itens curiosos num leilão na Virginia – objetos que ela própria considerou novidades para a sua loja. Enquanto isso, do outro lado do país, o contrabandista Edmund Finley descobre que o pacote que recebeu contém, na verdade, objetos sem valor algum. Disposto a recuperar o que lhe foi, de algum jeito, roubado, o bandido fará de tudo para encontrar quem está de posse das relíquias ocultas. Segundo ele, com certeza, esta pessoa não sairá viva.
Quando Dora e seu misterioso vizinho, o ex-policial Jed Skimmerhorn, começam a investigar os diversos roubos e mortes que cercam os itens arrebatados no leilão, descobrem que tesouros preciosos são mascarados em peças vagabundas, de pouco valor.
Primeiro capítulo: http://bit.ly/GAQn58

A Cidade Sombria – Catherine Fisher
A única esperança para Anara, um mundo às portas da total devastação, reside em um mestre, seu aprendiz e nas antigas e ilegais relíquias com poderes misteriosos que eles colecionam. Ao saírem à procura de uma relíquia secreta com grande poder escondida há séculos, Raffi e Galen serão caçados, espionados e testados além dos seus limites, pois existem monstros — alguns deles humanos, outros não — que também desejam o poder desta relíquia até consegui-la.

O livro dos prazeres proibidos – Federico Andahazi
Em 1455, a cidade de Mainz, na Alemanha, está em polvorosa. Não bastassem as revoltas populares tão comuns à época, Johannes Gutenberg, o inventor da prensa, está sendo acusado de comercializar livros clandestinos, de roubar e de praticar bruxaria e satanismo juntamente com seus parceiros comerciais, Johann Fust e Petrus Schöffer. Sigfrido de Maguntia, o promotor do caso, é considerado o maior copista de seu tempo e tem um interesse especial, já que a Bíblia que os réus copiaram foi originalmente escrita por ele próprio.
Ao mesmo tempo, o terror se espalha pela cidade, em especial no Mosteiro da Sagrada Canastra, um bordel de luxo às margens do rio Reno cujas prostitutas são adeptas das práticas dos “prazeres proibidos”. O motivo: um assassino anda à solta. Suas vítimas: invariavelmente, as prostitutas do bordel, que são mortas com brutalidade e têm as peles meticulosamente arrancadas. O burburinho comum do local dá lugar ao silêncio. Tão acostumados a visitar as “adoradoras da Sagrada Canastra” – e a praticar seus rituais bem peculiares –, os homens da cidade estão trancafiados em suas casas, assim como as prostitutas.
Trecho: http://bit.ly/1h1f4mK

Adeus às armas – Ernest hemingway

Após O velho e o mar e Paris é uma festa, a Bertrand Brasil relança, também com novo layout, Adeus às armas. Publicado em 1929, a obra é o segundo romance do escritor norte-americano Ernest Hemingway. O livro tem como tema central a paixão de Frederic Henry – que se alista no exército italiano como motorista de ambulância – pela enfermeira Catherine Barkley.
Neste romance autobiográfico, a história de amor tem um final feliz, ao contrário da vivida pelo autor. Os protagonistas acreditam que podem se isolar em seu amor, simplesmente afastando-se da guerra. Em 1918, ferido em combate, Hemingway é internado em um hospital, em Milão, onde conhece a enfermeira Agnes von Kurowsky, por quem se apaixona. Porém, ela não aceita casar-se com o escritor, deixando-o profundamente desiludido.

A irmã de Freud – Goce Smilevski
Teria Sigmund Freud sido responsável pela morte de sua irmã em um campo de concentração nazista?
Na Viena ocupada pelos nazistas, Sigmund Freud recebe o direito de fugir para o exterior levando consigo alguns entes queridos. Na lista do fundador da psicanálise, entram a mulher, os filhos, a cunhada, duas assistentes, o médico pessoal com sua família e até o cachorro, mas não quatro irmãs idosas de Freud: Marie, Rosa, Pauline e Adolfine. É a voz desta última, deportada para o campo de concentração de Terezín, que relembra com dolorosa mágoa a intimidade com o irmão, desde a infância, quando Sigmund era o mentor que a guiava na descoberta do mundo, até o inevitável – mas não por isso menos amargo – distanciamento na idade adulta e a sombra trágica da separação final.

É hora de falar – Helen Lewis

Helen Lewis, jovem estudante de dança em Praga durante a eclosão da II Guerra Mundial, é levada para o gueto de Terezín e, depois, deportada para Auschwitz. Separada da família, ela vive em meio à carnificina da Solução Final de Hitler. Como e o que fez para sobreviver é uma história emocionante, contada com humor, franqueza e alguma raiva, mas sem dar espaço para a autocomiseração.
Em É Hora de Falar, Helen mapeia as profundezas do Inferno, arrebatando-nos com uma obra de arte irrepreensível. Ao nos guiar por um terreno repleto de pesadelos apavorantes, ela não pisa em falso. Seu tom permanece sereno; seu estilo, simples. Mas essa forma de expressão esconde o martírio de sua necessidade de recordar.
Prefácio: http://bit.ly/1d6mdBX

Inseparáveis – Alessando Piperno
Em Inseparáveis, Alessando Piperno reapresenta os Pontecorvo – já protagonistas de Perseguição – e encerra o díptico O Fogo Amigo das Lembranças com uma obra totalmente autônoma que, ao mesmo tempo, desata todos os nós do primeiro livro. Uma obra brilhante, irônica e emocionante.
Inseparáveis. É o que os irmãos Filippo e Samuel Pontecorvo sempre foram um para o outro. Suas personalidades opostas nunca os distanciaram: a indolência de Filippo em contraposição à determinação de Samuel, sempre brilhante nos estudos e no trabalho. Tudo muda, contudo, quando o primeiro se torna famoso da noite para o dia, e o segundo começa seus dias de crise, entre um investimento de risco e um impasse sentimental catastrófico. E, dessa vez, nem mesmo a inabalável e protetora mãe conseguirá evitar que os filhos enfrentem essa situação.
Primeiro capítulo: http://bit.ly/1bWVNFb

A Luz Difícil – Tomás González

Jacobo decidiu morrer. Um acidente de trânsito deixou-o paraplégico e com dores tão fortes que viver se tornou insuportável. David, seu pai, enfrenta a mais dura de todas as provações: ser testemunha de todo o processo. Enquanto Jacobo viaja para um lugar dos Estados Unidos onde sua morte seja possível, David, em Nova York, suporta as horas agarrando-se à esperança de uma pergunta inevitável: no último minuto, seu filho se arrependerá?
Quase vinte anos depois do acidente — com a visão desgastada e o espírito atento —, David recapitula sua vida, seus dias de pintor prolífico, o acidente de Jacobo e, sobretudo, os momentos de espera junto à família, enquanto o filho se dirige ao destino que escolheu. O estupor da dor não o impede de presenciar a beleza com infinita atenção, e seu relato se torna um testemunho da própria vida, tão imensa e poderosa que até contém a morte.



Alfabeto dos ossos –Louise Welsh
Decidido a escrever a biografia de seu poeta preferido, o professor de literatura Murray Watson sai em busca de informações sobre o escritor. O que ele não esperava era entrar em uma conspiração que pode ter causado a morte de muitas pessoas, inclusive a de seu ídolo literário.


 A guerra que matou Aquiles – Caroline Alexander

A guerra que matou Aquiles – a verdadeira história da Ilíada, de Caroline Alexander, diferentemente da maioria das obras sobre o tema, não aborda nenhuma das questões tradicionais da Ilíada. Seu foco é ao mesmo tempo mais simples e mais radical. Nas palavras da autora, “este livro é sobre o mesmo assunto de que trata a Ilíada; este livro é sobre o que a ela diz da guerra”.
Os dramáticos eventos da Guerra de Troia são lendários, mas a Ilíada é completamente voltada para algumas poucas semanas ao fim de uma guerra que já durava dez anos. O foco da história não se dá no drama, mas numa verdade mais amarga: ambos os exércitos queriam o fim da guerra. No entanto, Caroline Alexander esmiúça a história e revela a visão do próprio Homero em relação à sua obra-prima.
Primeiro capítulo: http://bit.ly/16Dzl2P

Origem Mortal – Nora Roberts como J.D. Robb
A tenente Eve Dallas recebeu um chamado do Centro para Reconstrução Corporal e Cirurgia Estética: uma popular estrela de cinema foi espancada até seu rosto virar uma massa disforme de sangue. Para sorte da polícia, a vítima acabou matando seu agressor ao tentar se defender. No interrogatório, a tenente confirma se tratar de um caso inconfundível de assassinato em legítima defesa. Tudo se complica, porém, quando, antes de sair do prédio, outro caso macabro surge das mais sinistras sombras: o dono da clínica acabou de ser encontrado morto em seu consultório. Foi assassinado com um estilete cravado em seu coração.
Qual será a relação das duas mortes? Será que o assassino da artista foi realmente morto no ataque? Com a tenacidade de sempre, Dallas segue seus instintos mais obscuros e mergulha no passado das duas vítimas, descobrindo os segredos de um mundo, até então, desconhecido para ela.

Chá de sumiço – Marian Keyes

Helen Walsh não vive um bom momento. O trabalho como detetive particular não vai bem, o apartamento foi tomado por falta de pagamento e um ex-namorado surge com uma proposta de trabalho: encontrar um desaparecido componente da Laddz, a boy band do momento. Precisando do dinheiro, ela se vê forçada a aceitar, o que causa uma confusão em sua cabeça ao conviver com o ex e precisar acalmar o atual namorado.
Ao tentar seguir suas próprias regras, Helen será arrastada para o mundo complexo, perigoso e glamoroso do showbiz, percebendo que seu pior inimigo ainda está por surgir.
Primeiro capítulo: http://bit.ly/18Cu3UQ

A festa de divórcio – Laura Dave
Ainda inédita no Brasil, Laura Dave estreia com o engraçado e diferente A festa de divórcio. Pelo tema abordado, o livro foi assunto de debate em vários fóruns literários, tornando-se sucesso de vendas. A autora está sendo considerada pela crítica especializada uma das possíveis sucessoras de Marian Keyes no gênero chick-lit.
A festa de divórcio conduz o leitor à vida de duas mulheres que se encontram nos extremos opostos do casamento, uma se divorciando e outra no momento de confirmação do relacionamento dos sonhos. Apesar de todas as diferenças – distância, condição financeira, idade – Gwyn e Maggie têm uma coisa em comum: ambas estão em uma encruzilhada e enfrentam as mesmas perguntas: até que ponto você deve se esforçar para ficar com a pessoa que ama? Quando é hora de desistir?
Primeiro capítulo: http://bit.ly/1g0cVKh

Em casa para o Natal – Cally Taylor

Beth Prince sempre adorou contos de fadas e acredita que está prestes a viver um final feliz: tem o emprego dos sonhos em um charmoso cinema independente e um namorado maravilhoso chamado Aiden. Ela faz parte de um grupo privilegiado de pessoas que trabalha com o que ama, e o entusiasmo pelos filmes intensifica a busca por seu próprio “felizes para sempre”. Só há um probleminha: nenhum homem jamais declarou seu amor por ela. E, apesar de acreditar que Aiden é o príncipe encantado, Beth desconfia de que ele tem medo de dizer “eu amo você”. Desesperada para escutar essas três palavrinhas mágicas pela primeira vez, ela resolve assumir as rédeas do destino — e acaba se arrependendo.
Primeiro capítulo: http://bit.ly/18ZuByp


Entre Mundos – Brenna Yovanoff
Entre mundos é um romance transcendental sobre uma jovem – que também é um demônio – e sua procura pelo amor na Terra. Uma história que põe em questão a ética, os valores e os sentimentos humanos neste e em outros mundos.
Assim como em O Substituto, a autora envereda pelo gênero fantástico, tendo sempre como pano de fundo um mundo nebuloso e personagens sombrios.
Trecho: http://bit.ly/164VwyA

Os portões –

Todo mundo acha que Samuel é um menino muito estranho: os professores não o levam a sério, a mãe o deixa de castigo por viver sempre no mundo da lua e o vigário da cidade foge quando o vê (ele faz perguntas muito difíceis!). Só Boswell, seu cachorro, o entende de verdade.
Como se as coisas não pudessem piorar, uns vizinhos de Samuel resolvem mexer com forças ocultas, só por diversão, e acabam abrindo uma passagem transdimensional direto para o Inferno. Agora, dominados por entidades nada simpáticas, eles pretendem abrir os portões do Inferno e soltar os cachorros, ou melhor, demônios. As criaturas mais desagradáveis, repulsivas e más estão para invadir a Terra, e não virão sozinhas. Seu líder, um cara tão mau que é conhecido como Grande Malevolente, também quer participar da festa de destruição do nosso mundo.



O Caminho Jedi –
Manual de treinamento Jedi, em que são apresentados os maiores mestres, a história da Ordem, os armamentos, o vestuário, os golpes de luta, entre outros.
O livro funciona também como um almanaque Jedi, os guardiões da paz nas galáxias.
Trecho: http://bit.ly/17psG6N


Papillon – Henri Charriere

Henri Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica.
Papillon é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um homem que não se deixou vencer. Ao lê-lo, o leitor estará certo de ter um thriller nas mãos.

Do amor – Luc Ferry
Escrito sob a forma de diálogo filosófico entre Luc Ferry e seu colega Claude Capelier, Do amor - Uma filosofia para o século XXI trata dos fundamentos históricos e éticos da sociedade do Ocidente contemporâneo. São abordados aspectos econômicos, educacionais, culturais, comportamentais, geracionais, entre outros. O título é retomado do escritor Stendhal, mas o amor a que faz referência é o “ágape”, a caridade pelo outro, inclusive pelo inimigo.
Ferry associa a isso a atenção que as pessoas têm pela família, baseada não mais no casamento arranjado, mas no casamento por amor, aos filhos e à sua descendência. O arco e a flecha do deus Eros não visam mais somente ao coração dos amantes, recíprocos ou não, mas também à família, acrescida da humanidade. Ainda de acordo com o autor, deste pensamento provém a inquietude e o cuidado ecológicos, a caridade humanitária e a diplomacia da paz em uma sociedade bem menos egoísta.

*****

Obs.: Alguns lançamentos podem ter sido citados em posts anteriores, as informações são postadas de acordo com o divulgado pela editora.

7 comentários:

  1. Dos lançamentos eu me interessei mais por "Em casa para o Natal" por que já estamos quase entrando no clima de natal e por que o livro ficou muito. ♥ E gostei também de "A festa de divórcio", nome bem fora do comum né. Já vi a festa de casamento mas nunca nada de divórcio. Imagino que seja bem engraçado e bom para passar o tempo. hehe :)

    Beijos!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O titulo é bem diferente mesmo, mas eu já tinha ouvido falar das festas que acontecem de verdade.
      bjos

      Excluir
  2. Oi Pah, tudo bem?
    Nossa, quantos lançamentos *-* Gostei de alguns e já estão adicionados na minha lista sem fim de livros.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  3. Oi Pah,
    gostei dos livros da Nora Roberts. Beijinhos.
    Cila- Leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. O CAMINHO JEDI!!!! Preciso desse livro, pra ontem!
    Amei os lançamentos da Bertrand, fiquei afim de ler quase todos citados no post *.*

    http://cantinadolivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...