loja Lendo e Escrevendo: [Resenha] Os Judeus do Papa (Gordon Thomas)

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

[Resenha] Os Judeus do Papa (Gordon Thomas)



Um livro revelador que demonstra como o Vaticano salvou milhares de judeus durante o Holocausto e elucida por que razão a história deve reabilitar o Papa Pio XII. Acusado de não ter condenado Hitler pelo fanatismo e ódio racial com que o führer governava a Alemanha, o chefe da Igreja Católica Romana ficou conhecido, durante a Segunda Guerra Mundial, como «o Papa que se manteve em silêncio durante o Holocausto». Contudo, Thomas Gordon apresenta neste livro provas que refutam totalmente essas acusações. Uma pesquisa minuciosa revela uma rede encoberta de padres, freiras e cidadãos católicos que diariamente arriscaram as suas vidas para proteger os judeus. Ao investigar assassinatos, conspirações e conversões secretas, o autor dá a conhecer as mais extraordinárias ações levadas a cabo por católicos e pelo Vaticano. Em Os Judeus do Papa encontramos, finalmente, a resposta à grande questão moral do Holocausto: por que razão o Papa Pio XII se recusou a condenar o genocídio dos judeus da Europa? Pio XII não foi «o Papa de Hitler», mas sim, muito provavelmente, o mais perto que os judeus estiveram de ter uma voz no Vaticano.


Diferente de praticamente tudo que já foi resenhado aqui no blog Os Judeus do Papa traz um levantamento histórico que aponta o que de “fato” ocorreu no Vaticano nos anos em que Hitler assassinou milhares de judeus, mas verdade seja dita, e o próprio autor do livro diz, nós nunca iremos saber TODOS os acontecimentos, pode ser que mais para frente (em 2020 segundo Gordon Thomas), possamos ter mais dados sobre o ocorrido já que o Vaticano tem liberado alguns dados no decorrer dos anos.

O interessante do livro é ver um novo ponto de vista sobre os acontecimentos da época, dessa vez vemos o que acontecia dentro do Vaticano e como o Papa até hoje visto como omisso, ajudou os judeus por debaixo dos panos, a critica em maior parte se deve a falta de um posicionamento conciso e aberto contra o regime nazista de Hitler, porém o livro mostra como, por ordem do pontífice, o país passou a abrigar as escondidas refugiados da guerra. Além disso, foi por ordens partidas do Vaticano que a igreja passou a fornecer e a auxiliar a produção de identidades falsas para a fuga de judeus para outros países e/ou continentes.

Livro: Os Judeus do Papa
Autor: Gordon Thomas
Formato: 15,6 x 23 cm
Págs: 392
ISBN: 9788581301273

Exemplar cedido pela Geração Editorial para resenhas. Conheça a política de resenhas do blog.

Um comentário:

  1. Gostei do post, adoro História e esse livro parece interessante sem ser chato, mesmo, como você disse, seja praticamente impossível ter todos os dados e saber o que exatamente aconteceu. :)

    Beijos :D
    lui-lilymon.blogspot.com.br

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...