segunda-feira, 25 de agosto de 2014

#EspecialBienal: 23 de Agosto e a MULTIDÃO de leitores...

Para quem acompanha os meios de comunicação, nesse caso não me refiro apenas aos blogs literários, mas também os noticiários, devem ter visto a confusão que estava o Anhembi no último sábado, motivo: primeiro final de semana da Bienal e as presenças de Cassandra Clare, Kiera Cass, Harlan Coben, Lucinda Riley, e diversos outros autores.
 
Entrada às 9h30 do dia 23/08
Eu decidi ir bem nesse dia, pois ocorreriam diversos eventos que queria participar, infelizmente ao chegar a bienal encontrei um CAOS, sim sabia que haveria muita gente por lá, especialmente por causa da primeira visita da Cassandra ao Brasil, mas não imaginei que haveria tamanha confusão, desorganização e falta de respeito por parte de muita gente, não posso culpar apenas a editora e a bienal, a própria população faltou com respeito (vejam os comentários nas duas páginas dos eventos criados para a sessão de autógrafos), na entrada não havia filas e sim um aglomerado de pessoas se empurrando, a porta do Anhembi foi quebrada, o vidro ficou trincado (imaginem se terminava de quebrar e caia nas pessoas!), o bombeiro segundo a rede globo foi pisoteado e provavelmente não foi o único, pessoas que conheço passaram mal.

Queria um autografo da Cassandra? Sim, mas não cheguei perto da confusão que se formou na hora da distribuição das senhas, e eram apenas 10hrs da manhã, quando finalmente consegui entrar (umas 10h30 +/-), uma funcionária da editora informou que as senhas já tinham sido distribuídas, mais tarde soube de pessoas que chegaram as 12 e conseguiram senhas, enquanto outras que acamparam ou chegaram de madrugada não conseguiram, a falta de informação e talvez de preparo, desagradou muita gente, e por favor, havia sim como saber que MUITA gente iria, mais de duas mil pessoas estavam confirmadas para os eventos. O interessante e ver que outras editoras conseguiram lidar com a multidão, houve confusão? Sim, mas em uma escala bem menor.

Além disso, houve o cúmulo de uma funcionária de um dos poucos stands que visitei falar que já tinha visto pessoas saindo do stand com livros sem pagar e que eles não podiam fazer nada, que isso fica na consciência de cada um, e que nem vália a pena chamar a segurança.

Mas vamos as coisas positivas e proveitosas que vi no dia 23!
Hugh Howey, autor de Silo

A minha programação incluía o encontro de blogueiros da editora intrínseca, o evento estava programado para as 10hrs, mas começou um pouco depois, pois nem os funcionários conseguiam entrar no Anhembi por causa da confusão.
O evento ocorreu tranquilamente, os próximos lançamentos da editora foram apresentados, e tivemos a presença do autor de Silo, Hugh Howey, que é uma simpatia só, respondeu a todas as perguntas e foi solicito com todos.

Como o primeiro evento começo atrasado, cheguei atrasada no segundo o Encontro de Blogueiros da Editora Jangada, e infelizmente peguei apenas o final da gincana, mas consegui aproveitar o desconto de 50% e comprei o segundo e terceiro volumes da trilogia Tempest, infelizmente sem o desconto os preços estão normais (na faixa dos R$30 - R$40 no selo jangada). Além disso, ganhei um chaveiro com lanterna super fofo. Os preços na Intrínseca, também estão bons, comprei 5 livros por R$5,00 cada.

Após os eventos, enfrentei uma fila de aproximadamente 20 minutos no banheiro, e aproveitei para fazer um lanche rápido (felizmente levei coisa de casa e consegui evitar filas).

O último evento do dia (que participei) foi a sessão de autógrafos da autora A.C. Meyer, que é um AMOR de pessoa e super atenciosa com os leitores, infelizmente o contato com cada um foi bem rapidinho por causa do tamanho da fila (a sessão foi um sucesso!), mas fico feliz em dizer que ela se lembrou do blog =D

Depois disso, comprei livros para minha mãe e tias, e consegui a proeza de me machucar sozinha, tanto que minha irmã teve que ir me buscar no ponto de ônibus para carregar as coisas que comprei. Por isso, não consegui retornar no domingo para participar dos eventos que aconteceram :( Felizmente a dor já está passando e amanhã tem mais bienal :)

Um agradecimento especial para a Carol e Camila (leitora compulsiva) pela companhia durante boa parte do dia...



Mais fotos serão postadas durante a semana, aguardem!

7 comentários:

  1. Oi Pah.. eu estava na sua frente na fila para autógrafo do livro Louca por você...rs
    Foi uma loucura mesmo esse dia. Mas valeu muito a pena, pois tinha muita coisa bacana. E principalmente muuuita promoção..adoreii..rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu ia exatamente nesse dia, porém tudo deu errado e não consegui ir nem no domingo.
    Como eu queria um autografo da Cassandra :( , mas tenho quase certeza que mesmo que se eu tivesse ido, não ia nem chegar perto das senhas, então o jeito é torcer pra ela vim outra vez.
    Fiquei sabendo que teve até gente pisoteada no sábado, e vi uma menina que quebraram o dedo dela na bagunça, sei lá, por uma parte foi até bom não ter ido rs
    Melhores Livros !

    ResponderExcluir
  3. Oi, Pah!
    Acho que os organizadores de um evento literário não esperavam que os frequentadores da Bienal fossem ser tão animais. Vamos combinar que o que vimos ali parecia um estouro de boiada!! E vamos falar a verdade... A maioria das pessoas que estava lá naquele sábado não dá a mínima para a literatura ou para a cultura em geral. O que queriam era postar uma selfie com alguém famoso e só! Pra mim foi a invasão do rolezinho nos eventos culturais!
    E os pobres organizadores, acostumados com um público de leitores intelectualizado, foi pego de calças curtas! rs...

    ResponderExcluir
  4. uma muvuva boa! como eu queria estar nesse meio! conhecer a Lucinda e agradecer pelos livros dela! conhecer as blogueiras, comprar
    bienal é a nossa disney!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Também estive lá no sábado, e fiquei pasma com a confusão que vi por lá. O encontro de blogueiros da Intrínseca foi a única coisa que consegui realmente fazer. O resto do tempo fiquei tentando circular por lá, mas a muvuca era tanta que muitos corredores não estavam nem transitáveis. Não consegui entrar no estande da Intrínseca, infelizmente, e eu estava louca para ir lá porque esperava encontrar livros com precinhos bem bacanas (boas lembranças da Bienal de 2012). Comprei só um livrinho na Companhia das Letras e fiquei com certeza quase uma hora na fila para pagar. Aí eu e o Rafa já desanimamos um pouco, acabamos indo embora cedo e desisti de voltar ao evento no próximo sábado - coisa que eu tinha até planejado antes. E isso que eu nem me aventurei no lance dos autógrafos, fui bem sussa, para ver, comprar, mas não esperava que o negócio estaria pior que o metrô Sé no horário de pico hahaha.
    Ah, uma coisa que achei meio decepcionante foi ver que alguns estandes (os que consegui entrar de verdade e ver) tinham preços iguais ou mesmo superiores aos das livrarias. Fui seca no estande da Livraria Francesa com vários títulos em mente e quebrei a cara ao perceber que os livros estavam bem mais caros do que na livraria ou mesmo na internet. Pois é, fazer o quê...

    Beijosss, Livro Lab

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem? =)

    Olha, eu fui também no dia 23 e fiquei espantada com a falta de organização e o tumulto que estava lá. Em 2012 nem de longe foi este absurdo, eu aproveitei bem mais e o evento estava bem melhor. Este ano além da falta de organização o Jogos Vorazes que foi poderia ter terminado em tragédia pela falta de segurança, Minhas amigas viram gente levando livros sem pagar, as filas estavam enormes, e era impossivel sequer respirar no meio da multidão. Mal conseguia andar e mal conseguia andar junto com minhas amigas, que muitas vezes se perdiam no caminho. Fora isso achei um absurdo ter fila para entrar nos Stands( nunca vi isso), e deixei de ver Stands que realmente queria ver e dos quais tenho certeza que compraria vários livros. No fim a palavra que define o que sinto hoje é FRUSTRAÇÃO e a palavra que define minha experiência nesta Bienal de SP é INFERNO. Infelizmente foi um horror, o que valeu foi a companhia. Sai de lá com nenhum livro dos quais pretendia comprar, com dores pelo corpo todo de tanto ser empurrada e uma dor de cabeça enorme. Espero de verdade que nas próximas Bienais de SP a organização "arrume" tudo o que deu de errado desta vez.

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Pah!
    Poxa, eu estava lá também e num determinado momento eu desisti.
    Sentei num canto e esperei até que as coisas melhorassem. Eu fui mais pelo autógrafo da Kiera Cass, também não consegui. Mas pelo menos o da Lucinda Riley, que é uma fofa, rolou. *-*
    Pra te falar a real, a Bienal do Livro é SEMPRE um inferno aos finais de semana. Em qualquer cidade. Ano passado fui na do Rio, e tinha Tio Nicholas Sparks. Quebraram vidros, stands, furtaram livros e muitas pessoas saíram machucadas. A verdade é que uma Bienal não possui estrutura para organizar sessões de autógrafo internacionais e deveria também limitar a venda de ingressos enquanto há uma determinada quantidade de pessoas lá dentro. Era impossível andar no dia 23. Mas eu fui dia 22, sexta e foi PERFEITO *-*
    É sempre assim, tente nas próximas ir num dia de semana, que é muuito mais legal.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...