terça-feira, 12 de agosto de 2014

[Resenha] O Guardião (Daniel Polansky)

Primeiro volume da trilogia Cidade das Sombras

Imagine um policial noir como os de Raymond Chandler e James Ellroy com o ritmo sanguinolento dos fi lmes de Quentin Tarantino e a fantasia de “O Senhor dos Anéis”, num cenário como a Los Angeles de “Blade Runner”, onde os policiais não querem ver nada que não convenha e convivem com gangues multiétnicas de assassinos, prostitutas, contrabandistas, drogados e trafi cantes. Pelas ruas imundas desse mundo devastado, em meio a uma fauna corrupta de que é prudente desconfiar a todo momento, vaga o “Guardião”, um tipo solitário e desiludido que viveu como combatente numa grande guerra, sobreviveu a uma peste e leva a vida como narcotrafi cante. Ele se droga para suportar seu cotidiano sórdido e investiga o cruel assassinato e estupro de uma garotinha. “Cidade das Sombras” é uma trilogia fantástica, cujo primeiro volume é este alucinante romance de estreia que inaugura um novo gênero: a “fantasia noir”. Tenso, com um suspense crescente, “O Guardião” surpreende pela ousadia, assusta com a previsão de um futuro sombrio para a humanidade e garante uma leitura de impacto do começo ao fim.

Meu primeiro contato com o livro foi bem superficial, me apresentaram o livro como um thriller policial, e bem.... se você assim como eu esperava por um livro policial “normal”, prepare-se para se desapontar. O guardião apresenta sim, alguns elementos comuns ao gênero, porém o autor conseguiu muito mais do que isso, ele reuniu o policial com elementos sobrenaturais, pestes e assassinatos à sangue-frio. Por isso, se procura por mais esse livro pode ser para você.


O Guardião (nome pelo qual o personagem é conhecido) é um ótimo exemplo de anti-herói. Além disso, ele não liga para quase ninguém e não se importa com o que acontece ao seu redor desde que isso não prejudique seus negócios, porém ainda existem aqueles com quem ele se preocupa. Quando crianças da Cidade Baixa começam a ser assassinadas, ele parte em uma investigação independente trazendo a tona um lado seu de quando ainda trabalhava ao lado da lei.

Em um livro que mistura elementos para todos os gostos, Daniel Polansky apresenta uma narrativa ora fluida ora lenta, levando o leitor a mergulhar em um mundo totalmente novo e sombrio.

O livro não é do tipo que costumo ler, mas a forma como me foi apresentado intrigou minha curiosidade, o que encontrei foi totalmente diferente, fazendo desde livro uma surpresa parcialmente agradável. Os personagens foram bem construídos e desenvolvidos, a trama bem amarrada e coesa. Entretanto, somos jogados em um mundo novo com acontecimentos já em andamento, às vezes isso funciona, outras não, infelizmente dessa vez foi uma coisa que não me agradou muito.

Livro: Cidade das Sombras: O Guardião
Autor: Daniel Polansky
Formato: 15,6 x 23 cm.
Págs: 448
ISBN: 9788581300603

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...