sexta-feira, 12 de junho de 2015

Ruína e Ascensão (Leigh Bardugo) #Resenha

Terceiro e último livro da trilogia Grisha.

“A capital caiu. O Darkling comanda Ravka em seu trono das sombras. Agora o destino da nação depende de uma Conjuradora do Sol arruinada, de um rastreador desonrado e dos cacos do que antes fora um grande exército mágico.No fundo de uma antiga rede de túneis e cavernas, uma fraca Alina deve se submeter à duvidosa proteção do Apparat e daqueles que a veneram como uma Santa. Porém, sua mente está na busca pelo misterioso pássaro de fogo e na esperança de que um príncipe foragido ainda esteja vivo.Alina deverá formar novas alianças e deixar de lado velhas rivalidades, enquanto ela e Maly buscam pelo último dos amplificadores de Morozova. Mas assim que começa a elucidar os segredos do Darkling, ela descobre um passado que mudará para sempre seu entendimento sobre a ligação que os une e o poder que ela carrega. O pássaro de fogo é a única coisa que está entre Ravka e a destruição — e reivindicá-lo pode custar a Alina o futuro pelo qual ela tem lutado.”

Essa resenha pode ter spoilers dos outros dois livros, se você não leu “Sombra e Ossos” e “Sol e Tormenta”.


Ruína e Ascensão começa exatamente onde o segundo livro terminou e nos mostra Alina, Maly e os outros grishas (que sobreviveram ao ataque do Darkling) escondidos. Depois do combate com o Darkling, Alina está muito, muito frágil e percebe diferenças nos seus poderes.

Santa Alina sabe o que ela precisa fazer. Ela sabe que a única maneira de derrotar o Darkling é obtendo o terceiro amplificador e ela tem uma ideia de onde ele pode estar, mas ela precisará de ajuda já que fraca como ela está e com poucos grishas a seu favor, infelizmente, Alina não duraria muito em um novo confronto com o Darkling.

O final da trilogia fecha todas as pontas soltas dos outros dois livros. Tudo foi explicado e muitas reviravoltas aconteceram. Nikolai continua sendo um excelente personagem e a autora ainda o trouxe para um nível ainda mais alto. Esse personagem foi bem desenvolvido e ajudou Alina quando ela perdeu a fé em si mesma. Maly continua fazendo o que sabe: rastrear, honestamente, não sei onde a Alina estaria sem ele.

Outro ponto positivo é que descobrimos ainda sobre o passado de Maly, Darkling e da mãe do Darkling. Tudo bem escrito para se entrelaçar com a trilogia. Leigh Bardugo encheu esse livro de surpresas e fechou muito bem a trilogia que se tornou uma das minhas favoritas. Além disso, o livro faz jus ao nome.

"Eu gritei quando o poder me inundou, quando queimei, consumida por dentro. Eu era uma estrela viva. Era combustão. Um novo sol nascido para despedaçar o ar e engolir a terra. Eu sou ruína."


Livro: Ruína e Ascensão.
Autora: Leigh Bardugo.
Páginas: 344.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...