quinta-feira, 29 de outubro de 2015

#Especial Halloween - Gostosuras ou Travessuras?


“Eu gostaria que todos os dias fossem halloween. Poderíamos ficar mascarados o tempo todo. Então andaríamos por ai e conheceríamos as pessoas antes de saber como elas são sem a máscara”
R. J. Palacio – Extraordinário

Acredita-se que o halloween teve sua origem na Europa através da cultura celta onde a data, 31 de outubro, marcava o Samhain (o fim da colheita, o Ano-Novo celta e também o início do inverno). Os Celtas acreditavam que nesta data era possível entrar em contato com o mundo dos mortos (acreditava-se que isso seja possível entre o dia 31 de outubro e 2 de novembro). Alguns teóricos ligam a origem com o cristianismo e a celebração do All Hallowed Eve, também conhecida como festa de todos os santos, ou festa sagrada, posteriormente o nome passou a ser conhecido como Halloween. Independente da origem, muita coisa mudou através dos anos, e pouco da comemoração de hoje tem relação com as festividades originais.

Com o passar do tempo, e devido à diversas influencias: Celta, Católica, ... , muitos elementos foram incorporados a celebração do Halloween: o uso de fantasias (que eram usadas pelos Celtas, em outro contexto), a abobora decorada (que originalmente era usada como lanterna), bem como a famosa frase “Trick or treat”, traduzida para o português como “Gostosuras ou travessuras”.


Além disso, a literatura e o cinema têm explorado bastante a temática (não apenas do Halloween, mas do terror como um todo) e são inúmeros os exemplos, vejamos alguns:


LIVROS


O Médico e o Monstro - Robert Louis Stevenson
As suspeitas começaram quando Mr. Utterson, um circunspecto advogado londrino, leu o testamento de seu velho amigo Henry Jekyll. Qual era a relação entre o respeitável Dr. Jekyll e o diabólico Edward Hyde? Quem matou Sir Danvers, o ilustre membro do parlamento londrino?
Assim começa uma das mais célebres histórias de horror da literatura mundial. A história assustadora do infernal alter ego do Dr. Jekyll e da busca através das ruas escuras de Londres que culmina numa terrível revelação.

Allison Contra Os Zumbis - Roux, Madeleine

Allison e seus colegas ficam presos na livraria onde trabalham quando a Epidemia estoura. A sala do cofre oferece uma boa proteção, e os monitores das câmeras de segurança os permitem observar uma multidão de zumbis perambulando pela loja. Mas uma hora a comida vai acabar, e eles terão que sair para enfrentá-los. Sem ter ideia da dimensão do apocalipse e do completo caos que se instalou lá fora, Allison usa o wi-fi de emergência do exército para escrever em seu blog. A princípio, é só uma maneira de combater o tédio e se manter sã. Até ela descobrir que existem mais pessoas por aí – que também perderam pessoas queridas, que também não sabem o que fazer nem onde procurar ajuda. Seu blog se torna o único contato com um mundo em ruínas. Em meio a um severo racionamento de comida, assembleias sobre a situação calamitosa do banheiro, tripas fedorentas de mortos-vivos voando pelos ares, a incansável busca pela sua mãe e um complicado caso amoroso, Allison encontra coragem para enfrentar violentos zumbis – e às vezes ainda mais perigosos humanos. Seu relato é cheio de ação e sarcasmo, uma emocionante montanha-russa sobre a luta pela sobrevivência. A perfeita combinação de humor, horror e sensibilidade.

Asylum- Roux, Madeleine RESENHA
Para Dan Crawford, 16 anos, o New Hampshire College Prep é mais do que um programa de verão – é uma tábua de salvação. Um pária em sua escola, Dan está animado para finalmente fazer alguns amigos em seu último verão antes da faculdade. Mas, quando ele chega no programa, Dan descobre que seu dormitório para o verão costumava ser um sanatório, mais comumente conhecido como um asilo. E não apenas qualquer asilo — um último recurso para criminosos insanos.
À medida que Dan e seus novos amigos, Abby e Jordan, exploram os recantos escondidos de sua casa de verão assustadora, eles logo descobrem que não é coincidência que os três acabaram ali. Porque o asilo é a chave para um passado terrível. E existem alguns segredos que se recusam a ficar enterrados.

A hora do vampiro – Stephen King

Ambientado na cidadezinha de Jerusalem`s Lot, na Nova Inglaterra, o romance conta a história de três forasteiros. Ben Mears, um escritor que viveu alguns anos na cidade quando criança e está disposto a acertar contas com o próprio passado; Mark Petrie, um menino obcecado por monstros e filmes de terror; e o Senhor Barlow, uma figura misteriosa que decide abrir uma loja na cidade.
Após a chegada desses forasteiros, fatos inexplicáveis vêm perturbar a rotina provinciana de Jerusalem`s Lot: uma criança é encontrada morta; habitantes começam a desaparecer sem deixar vestígios ou sucumbem a uma estranha doença. A morte passa a envolver a pequena cidade com seu toque maléfico e Ben e Mark são obrigados a escolher o único caminho que resta aos sobreviventes da praga: fugir.
Mas isso não será tão simples, os destinos de Ben, Mark, Barlow e Jerusalem`s Lot estão agora para sempre interligados. E é chegada a hora do inevitável acerto de contas.

FILMES

A Hora do Pesadelo (1984)
Um grupo de adolescentes tem pesadelos horríveis, onde são atacados por um homem deformado com garras de aço. Ele apenas aparece durante o sono e, para escapar, é preciso acordar. Os crimes vão ocorrendo seguidamente, até que se descobre que o ser misterioso é na verdade Freddy Krueger (Robert Englund), um homem que molestou crianças na rua Elm e que foi queimado vivo pela vizinhança. Agora Krueger pode retornar para se vingar daqueles que o mataram, através do sono.


Halloween (1978)
Michael Myers (Tony Moran) é um psicopata que vive em uma instituição há 15 anos, desde quando matou sua própria irmã. Porém, ele consegue fugir de seu cativeiro e retorna à sua cidade natal para continuar seus crimes na localidade que, aterrorizada, ainda se lembra dele.



A Bruxa de Blair (1999)
Três estudantes de cinema embrenham-se nas matas do estado de Maryland para fazer um documentário sobre a lenda da bruxa de Blair e desaparecem misteriosamente. Um ano depois, uma sacola cheia de rolos de filmes e fitas de vídeo encontrada na mata. As imagens registradas pelo trio dão algumas pistas sobre seu macabro destino.



O Exorcista (1973)
Em Georgetown, Washington, uma atriz vai gradativamente tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que também um psiquiatra, e este chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão.


Saiba mais AQUI, AQUI, AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...