terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Deadfall: A Caçada (Anna Carey) #Resenha

Resenha do primeiro volume AQUI

Há uma semana a garota acordou sobre os trilhos de Los Angeles sem se lembrar quem ela é. E descobriu que faz parte de um jogo. Mas a única coisa de que tem certeza é que estão tentando matá-la. Depois de ter sido traída por seu único amigo, ela foge para Nova York com um garoto que diz conhecê-la. Mas será que pode confiar nele? O que adianta encontrar os outros? Quem são essas pessoas? À medida que a perseguição esquenta, ela vai aos poucos recuperando a memória. Porém, seu passado não pode salvá-la, e um só movimento errado pode acabar com este jogo.

Deadfall é o segundo volume da duologia de Anna Carey que, como eu mencionei na resenha do primeiro livro, Blackbird, eu estava bastante ansiosa para ler.


O enredo segue agora com a garota tentando entender e desmascarar o GAA (a organização responsável pelas caçadas). Depois da suposta traição de Ben, Sunny se alia a um novo/antigo amigo: Rafe. Ela não se lembra, mas os dois estiveram juntos na floresta, onde uniram forças para tentar sobreviver. O objetivo agora é encontrar e reunir outros alvos do “jogo” para que juntos possam desmantelar o GAA.

A autora está sempre surpreendendo. Além de continuar com a inovadora narrativa na segunda pessoa (que a esta altura já não é tão estranha), ela também conseguiu uma sequência que foi ainda melhor que o primeiro livro! Em Blackbird, Sunny está tentando se salvar, fugindo de quem quer que esteja tentando matá-la. Em Deadfall, acontece o contrário: ela caça os caçadores! Vai atrás deles com tudo o que pode, investiga e tenta conseguir provas concretas para acabar com esse jogo desumano e trazer à justiça as pessoas responsáveis. Isso faz com que o livro tenha muito mais frenéticas cenas de ação – onde a autora também não deixa a desejar.

Mas a melhor coisa da série continua sendo o mistério; como tudo está, de alguma maneira, relacionado, como todas as peças do quebra-cabeça se encaixam no decorrer da história, como tudo aos poucos passa a fazer sentido. Isso é, sem dúvida, o que te prende às páginas do livro. O fato de que você nem percebeu o quanto estava apreensivo ou segurando o ar até o momento em que você expira e sente aquela onda de alívio.

Outra novidade do segundo volume é o triângulo amoroso Ben - Sunny/Lena – Rafe. Não podia faltar a lenha na fogueira do amor, as cutucadas e o ciúme disfarçado. É o que dá um pouco de leveza à história – alguns momentos de descontração das personagens, onde lembramos que são apenas jovens afinal.

Não é um conto de fadas, onde tudo é perfeito e acontece como tem que ser: isso está claro. Mas a história é tão boa quanto poderia ser, e o final não deixa nada a desejar. É surpreendente e satisfatório, e acaba deixando um gostinho de quero mais.

Livro: Deadfall: A Caçada
Autora: Anna Carey
ISBN-13: 9788576838906
ISBN-10: 8576838907
Páginas: 224


*Resenha escrita pela colunista Giulia ;)

Um comentário:

  1. Oi, Pat.
    Estava empolgada em ler os livros dessa série, mas esse lance de triângulo amoroso me desanimou um pouco!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...