sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

O Jogo mais doce (J. Sterling) #Resenha

Eu sinto que nasci para ficar com ele, como as conchas na praia. Jack era a concha, em constante movimento, sendo lançado de lugar a lugar pelo fluxo de alguma coisa mais poderosa que ele. E eu era a areia, prendendo-me e agarrando-me a ele, aliviando seus tombos a cada avanço, sempre fiel. - Cassie CarterQuando sua carreira no beisebol chega ao fim, é como se batessem com um martelo em seu peito. Então você finalmente percebe que pode amar o esporte, mas ele nunca pode ser comparado ao amor de sua vida. Todas as noites sem dormir, as horas passadas na academia, o condicionamento, o treinamento, a preparação mental, os feriados perdidos, as ausências em momentos importantes de sua família… tudo para quê? O seu esporte, o seu trabalho, não ficou acordado por noites a fio, torcendo, cuidando, tentando descobrir como tornar você um jogador melhor ou dando mais do que você merecia. Ele é um negócio. Um esporte. Um jogo. E, por mais que minha vida tenha sido transformada por ele, é hora de deixar isso para trás.


Finalmente as coisas parecem estar no caminho certo para o casal principal da trilogia, mas a carreira de Jack tem uma reviravolta inesperada, e após uma lesão o sonho pode chegar ao fim, e uma mudança de comportamento promete abalar o casal mais uma vez.

Após o casamento, a vida de Cassie e Jack parece estar as mil maravilhas, mas quando Jack quebra a mão durante um jogo as coisas acabam desandando um pouco, Cassie faz de tudo para animar o marido e melhorar as coisas na vida à dois, porém Jack entra em um estado de depressão que o deixa bem desagradável para as pessoas ao redor dele, inclusive para Cassie que recorre aos amigos em busca de uma solução.

O livro dá continuidade à trama apresentada nos livros anteriores (que devem ser lidos antes desse), entretanto, acho que é a primeira vez que realmente entendo a situação de Jack e sua atitude com os outros, ele poderia ser compreensivo e lidar melhor com a situação? Sim, mas pare para pensar por um momento, e se tudo no que você fosse bom fosse retirado de você e a perspectiva de recuperação não fosse das melhores, fazendo com que você se sinta descartável ou inútil, como você se sentiria? Você continuaria a agir exatamente da mesma maneira? Provavelmente não, e provavelmente o seu comportamento não seria extremamente pacifico, talvez você brigasse com tudo e com todos mesmo que eles não tenham nenhuma culpa sobre o ocorrido e é exatamente isso que ocorre com nosso protagonista.

O livro diferentemente dos demais (que eram mais sobre segundas chances), aborda o começar novamente, o que fazer quando tudo que foi planejado parece não ser mais possível? O que fazer e como fazer? Como pensar em novos sonhos e adaptar os antigos?

Mais profundo do que os demais, O jogo mais doce vai fazer você refletir sobre as escolhas que fez na vida, e o que esperar das coisas que estão acontecendo agora. Mais uma vez a escrita da autora é fluida e dinâmica, e mais uma vez acompanhamos o ponto de vista de dois personagens que me cativaram desde o primeiro livro, e sim, eles cometem erros e acertos que podem agradar ou não aos leitores.

Livro: O Jogo Mais Doce
Trilogia: Jogo Perfeito – vol. 03
Autora: J. Sterling
ISBN-13: 9788562409288
ISBN-10: 8562409286

Páginas: 208

Um comentário:

  1. Oi, Pat.
    Curiosamente te perguntei sobre essa série nessa semana, né?!
    Estou curiosa para ler e vou pedir exemplares para a editora!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...