loja Lendo e Escrevendo: Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar (Sarah MacLean) #Resenha

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar (Sarah MacLean) #Resenha

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Apesar do livro ser um romance de época o plot central do livro faz com que qualquer leitor possa se identificar com algumas situações e isso definitivamente vai fazer com que você se apegue aos personagens. Se você caro leitor parar e olhar para os planos e projetos que algum dia fez sobre como estaria a sua vida e se encontrar frustrado ou porque não deu certo ou porque você acabou agindo como esperavam que você agisse, você tem um pouco da nossa protagonista Calpúrnia (Callie) ou se por algum motivo você decidiu ter controle total sobre quem é, o que sente ou o que faz independente do que os outros possa falar você tem um pouco de Gabriel St. John (Marquês de Ralston).

“- É. Passei 28 anos fazendo o que todos à minha volta esperavam que eu fizesse… sendo o que todos esperavam que eu fosse. E é horrível ser a visão de outra pessoa a seu respeito. – Ela fez uma pausa antes de continuar: – O senhor estava certo. Sou uma covarde. […] – Não sou uma esposa, ou uma mãe, ou um pilar da alta sociedade […] Sou invisível. Então por que não parar de ser uma bobona tão covarde e começar a experimentar todas as coisas que sempre sonhei em fazer?”

Agora precisamos nos situar na Inglaterra do século XIX, uma época que não foi muito justo com os direitos da mulher e Callie nossa protagonista não é nenhum ideal de beleza, considerada comum demais para ser a bela dos bailes acabou sendo deixada de lado por muito tempo, tempo esse que usou para observar a alta sociedade londrina, ler e manter sua reputação imaculada até que acaba escutando de pessoas muito próximas o quanto é passiva e deslocada naquela sociedade.

É aí que se tem início uma jornada de autodescoberta, Callie resolve fazer uma lista com itens que a faça sentir se viva, mesmo que isso possa arruinar sua reputação.

“Quase parou ali, naqueles sete itens que tinham vindo tão depressa. Mas, por mais que a lista fosse um exercício de imaginação, Callie sabia que era mais que isso. Era uma chance de enfim ser honesta consigo mesma. De escrever as coisas que mais desesperadamente gostaria de experimentar. As coisas que nunca admitira para ninguém – nem para si mesma. ”

Essa lista nos leva em rota de colisão direta ao Libertino mais falado de Londres o Marquês de Ralston ou Gabriel, mas acreditem essa está longe de ser uma história de amor à primeira vista.

Com uma narrativa fluida e um enredo envolvente, Sarah MacLean nos mostra como se livrar dos moldes da vida, de como nem sempre a felicidade é encontra em seu estado puro, precisamos batalhar por ela; se você gosta do gênero romance de época esse livro definitivamente foi feito para você e se você não gosta, leia e passará a gostar.

"O amor não é unilateral e egoísta. É pleno e generoso, e modifica a vida da melhor maneira possível. O amor não destrói, Gabriel. Ele cria."

Com um pano de fundo de bailes, regras da alta sociedade e aventuras não só Gabriel e Callie vão ganhando nossos corações, mas todos os personagens secundários são muito bem construídos e colocados, é incrível como Sarah Maclean consegue nos arrancar risadas e suspiros; com ingenuidade e malicia na medida certa esse sem dúvidas é um livro que merece destaque na estante por deixar claro a lição de liberdade e empoderamento feminino, provavelmente meu último 5 estrelas do ano.

Ósculos e Amplexos, Karina.

Livro: Nove regras a ignorar antes de se apaixonar
Serie: Números do amor #Livro1
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Páginas: 384
Nota: 5/5

Karina, biomédica por formação e bookaholic por paixão! * Resenha escrita pela colaboradora Karina Carvalho especialmente para o Lendo e Escrevendo

2 comentários:

  1. Oi, Karina!!
    Adoro romances de época!! E sem dúvida estou louca para ler esse livro tão legal da Sarah MacLean!! Achei a personagem da Callie um amor!! Quero muito ler esse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  2. O livro está bem comentado!! Gabriel e Calpúrnia vão se divertir bastante até se darem conta de que estão apaixonados, uma vez que ela apenas queria quebrar algumas regras!! Já quero ler!!

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...