sexta-feira, 28 de julho de 2017

Marca de Guerra (Sylvia Day) #Resenha

Lobisomens, vampiros, arcanjos … O que falta acontecer?Evangeline descobriu como se livrar da Marca de Caim, que anos atrás a transformou numa caçadora de demônios: basta se manter longe dos problemas por um tempo. Algo complicado para alguém que é sempre lembrada para novas missões.Agora, disfarçada, ela trabalha para um querubim, em um plano para desmascarar um vampiro perigoso, que está escondido em uma tranquila comunidade na Califórnia.
Mas Eva sabe que está sendo usada como um peão num grande jogo político celestial. No entanto, ela está cercada. Seu desafio será descobrir quem é sua maior ameaça: o vampiro que está caçando, o querubim que quer controlá-la, ou os dois irmãos, dispostos a lutar até a morte por seu amor.


Marca da Guerra veio para fechar a série Marked da autora Sylvia Day, mas ao mesmo tempo o anuncio do livro foi uma surpresa, já que os meios de comunicação internacionais anunciavam a série como uma trilogia. Entretanto, considerando-se o histórico da autora com Crossfire, até que não deveríamos nos espantar por um quarto livro ter aparecido, mas será que havia necessidade? Afinal, parte dos leitores de Crossfire acredita que teria sido melhor se a autora houvesse parado no terceiro livro, será que novamente demos de cara com uma continuação desnecessária? Antes de mais nada, essa resenha contêm spoilers para aqueles que não acompanharam a série e não leu algum dos livro anteriores.


NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS

O livro começa com uma nova missão para Eve que dessa vez deve se juntar a Abel para desvendar um misterioso caso envolvendo vampiros, mas dessa vez tudo será diferente e o destino dos personagens pode ser selado de uma vez por todas. Disfarçada e trabalhando pela primeira vez para um Querubim em uma missão nunca antes dada a um Marcado, Eve percebe mais uma vez que tudo isso é apenas um jogo entre céu e inferno e que ela é apenas uma peça nessa engrenagem que move a guerra, e mesmo que ela se mostre contrária à alguns aspectos da missão atual, ela sabe que até que quite seus débitos não irá se livrar da marca e voltar a sua vida normal.

“Havia apenas um motivo pelo qual anjos e demônios se empenhavam para chegar a ela: irritar Caim e Abel, os dois homens de sua atrapalhada vida amorosa. Na atualidade, eles eram conhecidos pelos nomes de Alec Cam e Reed Abel, mas, apesar disso, continuavam sendo os irmãos infames da lenda bíblica”. P. 09

Quem acompanhou os livros anteriores sabe que as missões que ela recebe não são fáceis e nunca saem como o planejado e dessa vez não será diferente, mas dessa vez o desenrolar da missão e as condições para que ela aconteça é o que difere esse livro de seus antecessores, bem como o tamanho do livro, que em português possui apenas 82 páginas.

O que eu achei do livro? Em primeiro lugar, continuo gostando da escrita da autora e o trabalho feito pela Faro para a edição brasileira ficou excelente. Entretanto, acredito que esse livro deva ser lido junto com o terceiro volume e, em minha opinião, a autora poderia ter juntado o terceiro e quarto livros em apenas um volume já que a leitura do quarto volume se realizada muito tempo após finalizar o terceiro pode parecer algo solto e sem relação direta com o anterior.

Em segundo lugar, a autora conclui o triangulo proposto no primeiro livro, conclusão que achei satisfatória, mas ao mesmo tempo percebi a tendência da autora em finalizar uma série deixando algumas pontas soltas para que se necessário escreva mais livros, acho isso ruim? Em partes, adoraria acompanhar mais casos envolvendo os personagens do livro, mas ao mesmo tempo fico com uma sensação estranha de que algo está faltando.


De modo geral, a autora criou uma série diferente e que deve agradar a um amplo publico, especialmente o feminino, uma série que prende o leitor do começo ao fim despertando as mais diversas sensações e opiniões sobre os acontecimentos e sobre os personagens. Além disso, ela cumpre o que propôs desde o começo se isso irá agradar todos os leitores, provavelmente não, mas convenhamos gosto é gosto e cada um possui o seu.


11 comentários:

  1. Confesso que depois da autora bagunçar a série do Gideon, boicotei a autora, lendo sua resenha percebi que havia um triângulo amoroso que não me chama atenção, e o fato de deixar pontas soltas mesmo no término da série me desanimaram, quem sabe em outro momento eu leia. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce,
      ela bagunçou bastante não foi? eu li apenas os três primeiros volumes de Crossfire, como achei "satisfatorio" aquele final, acabei não lendo os outros
      bjo

      Excluir
  2. Oi, Pat.
    Estava esperando a sua resenha sobre esse último livro da série.
    Já li que esse quarto livro era dispensável, mas achei interessante essa observação para ler o quarto livro com o terceiro.
    Se der certo quero fazer uma maratona e ler tudo junto!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Camis,
      espero que consiga ler e goste dos livros, honestamente eu acho que ainda vem mais coisa por ai, pq sério esse último livro, se lido sozinho... melhor nem comentar
      bjos

      Excluir
  3. Olá!
    Eu adoro a Syvia Day, mas ainda nao conhecia este livro! Fiquei ansiosa para o ler!! Obrigada pela dica!
    Beijos

    https://a-lilianaraquel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oiee, tudo bem? Sempre leio comentários bem positivos sobre as obras da autora, e essa série está sendo bem comentada pela blogosfera. Não sei se leria, pois detesto triângulos amorosos e não sou muito fã da premissa dos livros. De qualquer forma, gostei da resenha. E mesmo não tendo lido concordo que esse deveria ser parte do terceiro, e não um livro à parte, odeio quando fazem isso :/

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabrielly, se você realmente não gosta de triangulos amorosos, melhor não ler mesmo, pois nesse livro/série ele é bem presente.
      bjos

      Excluir
  5. Oie! Já li muitas e muitas resenhas sobre esse livro e também falando da autora, mas confesso que não tenho aquela vibe de conhecer, pois fiquei saturado de ler em uma época só livros hots, mas essa sua resenha ficou demais, porém eu passo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael, é uma pena, mas sairam muitos livros hot ao mesmo tempo né?! Chega um momento que cansa mesmo, felizmente esse ainda não foi o meu caso
      att,

      Excluir
  6. Olá,

    Eu amo essa série! Gostei desse último livro, mas confesso que eu esperava algo diferente para essa série, e ao contrário de Crossfire, tinha muito ainda a ser explorado nessa série. Não gostei de com quem a Eva ficou no final, sou #TeamA (não posso falar quem, para não dar spoiler). Porém, achei lindo o que "A" disse para ela no final e provou que a amava de verdade <3

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thayenne, também esperava algo diferente, algo a mais sabe?! Mas pensando bem, em se tratando da Sylvia Day temos que esperar qualquer coisa nas séries dela, mas pensando bem, acho que a autora ainda vai voltar e escrever mais nessa série, quer dizer, algumas coisas ficaram em aberto. Também achei que ela tinha que ter ficado com o A.
      bjos

      Excluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...