loja Lendo e Escrevendo: Justin (Gauthier) #Resenha

sábado, 28 de abril de 2018

Justin (Gauthier) #Resenha


Quando o professor de Educação Física pede para a turma formar uma equipe de meninas e uma de meninos, Justine permanece no meio. Ela sente que não pertence ao gênero que lhe foi atribuído, mas está convencida de que todo mundo sabe disso, exceto seus pais.Ao longo de sua vida como criança, adolescente e jovem adulta, muitas vezes maltratada e incompreendida, Justine, por fim, compromete-se a viver como quem ele sempre foi, isto é, Justin.

Nessa HQ vamos acompanhar Justin um garoto que nasceu no corpo de uma garota que lida com inúmeros conflitos sobre quem é e como fazer com que as pessoas ao redor lhe tratem da maneira que ele se sente. A editora Nemo acertou 101% ao trazer ao Brasil uma Hq com um assunto raramente discutido , apesar de toda superficialidade que o quadrinho traz sobre o assunto ainda sim é de extrema importância.

“Só que o peso da família e da sociedade me impediu de aceitar que eu era realmente.”

Quando eu digo que o assunto é abordado de maneira superficial é porque embora  tenha storyboards onde a mãe tem dificuldade de lidar com as expectativas frustradas de Justin se portar e identificar com o sexo masculino ao invés do sexo feminino (com o qual nasceu), além de abordar a dificuldade que as pessoas ainda encontram quando procuram ajuda em serviços médicos sejam eles psíquicos ou fisiológicos e a dificuldade da sociedade de pensar fora da caixinha eu senti falta de aprofundamento, aqui o tema é apenas tratado rapidamente de maneira não problematizada.


A HQ aborda a transsexualidade através de cartoon com traços antropomórficos o que não confere característica especial a nenhum dos personagens, talvez isso tenha sido uma escolha da autora e ilustrados de aproximar  os personagens de qualquer pessoa que leia a HQ e período que as páginas da HQ compreende nos dá uma visão geral da infância, adolescência e um começo de vida adulta de Justine que assume sua identidade como Justin.

O Brasil é um dos países mais perigosos quando o assunto é identidade sexual  e você pode estar se perguntando o porque ser algo que só lhe diz respeito a você é tão perigoso , então deixo aqui para  refletir o dado: A cada 48 horas no Brasil uma pessoa é assassinada por ser homossexual ou transsexual mesmo com dificuldade de apuração desses casos que muitas vezes não são contabilizados (confira dados publicados pela ONG Transgender Europe) .

Só o dado acima já vale como argumento para espalharmos por aí essa publicação, como um primeiro contato com o tema transsexualidade ou identidade de gênero essa é uma ótima opção, inclusive na educação infantil afinal possui uma linguagem simples, quadros bem distribuídos e situações sem muita complexidade mas não vá com muitas expectativas pois  deixa a desejar com relação a capacidade de mostrar envolvimento emocional.

E você já leu alguma outra Hq com esse tema? Se sim, por favor compartilha ai com a gente.

Livro: Justin
Autor: Gauthier
Editora: Nemo
ISBN-13: 9788582864425
ISBN-10: 8582864426
Ano: 2018
Páginas: 104




Karina, biomédica por formação e bookaholic por paixão!
 * Resenha escrita pela colaboradora Karina Carvalho especialmente para o Lendo e Escrevendo

2 comentários:

  1. Oi, Ká.
    Essa HQ parece ser bem bacana, mas não é nada que me chame à atenção!
    No fundo quero ler livros que tenham a ver comigo e por isso gosto tanto dos policiais cheios de psicopatas!! kkkkkkkkkk
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    EU ainda não conhecia esse livro, e gosto quando traz uma tematica atual.
    Anotei a dica para conferir futuramente, achei bem interessante tudo o que apontou sobre a história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...