loja Lendo e Escrevendo: O Duque Mais Perigoso De Londres (Madeline Hunter) #Resenha

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

O Duque Mais Perigoso De Londres (Madeline Hunter) #Resenha


Adam Penrose, o Duque de Stratton, é o escandaloso, sombrio, manipulador e vingativo membro da Sociedade dos Duques Decadentes da elite de Londres, composta por três homens perigosamente belos, intensos, irresistíveis e que não desejam se apaixonar.
Com uma reputação manchada e seu retorno à cidade, o Duque precisa encontrar uma esposa com qualidades ímpares e que não se importe em viver em negligente abandono. O que o Duque não espera é que o seu interesse e libido sejam despertados pela única mulher que não pode ter, e que não seria capaz de ignorar.Clara Cheswick fascina o Duque, mas tudo que ela não precisa neste momento é se casar. Está bem mais interessada em publicar seu jornal feminino — certamente muito melhor do que ser esposa de um homem com sede de vingança.No entanto, curiosa por uma história, Clara pensa se o desejo do Duque por justiça é sincero — junto com sua intenção incrivelmente irritante de ser seu marido.
Se sua fraca reação ao beijo dele é alguma indicação, apaixonar-se por Adam claramente tem um preço.Mas quem diria que cortejar o perigo poderia ser tão divertido?

Adam Penrose, o Duque de Stratton, está de volta a Londres após passar alguns anos morando na França e com ele veio junto a reputação de perigoso adquirida durante sua ausência, isso porque aparentemente desenvolveu um gosto por duelos, afinal é até normal alguém de sua posição desafiar alguém, pode ser razoável desafiar duas pessoas, mas três? Isso desenvolve uma reputação de pavio curto que pode levar a disputas por motivos muito pequenos e a principio a impressão que temos é justamente essa apesar de não ficar muito clara sua real motivação, mas fiquem cientes de que as impressões podem enganar bastante.


Sua volta a Londres é motivada por duas coisas, a primeira é que o governo francês não está muito feliz com suas recentes atividades, e a segunda e mais importante é a ânsia por respostas, isso porque seu passado é assombrado por uma grande perda que ocorreu em meio a suposições e fofocas da sociedade e governo londrinos. Além disso, sua família tem uma disputa histórica coma família de Clara Cheswick que finalmente pode estar próxima do fim, já que a avó da moça parece disposta a por um fim em tudo isso, o lado positivo para Adam é que essa disposição pode ser o meio para ele finalmente encontrar respostas. Entretanto, as coisas não saem como a velha viúva espera e isso deixa o livro muito mais interessante.

Clara Cheswick é tudo o que não se espera de uma moça da época, criada com liberdade e com modos que poderiam chocar a mais recatada das moças, ela sabe sim como se comportar em meio à sociedade, só não faz muita questão disso. Além disso, sua relação com o falecido pai é o tipo de relação que se poderia esperar entre o pai e um filho (não vou me demorar muito nessa parte, mas saibam que essa relação irá se mostrar importante para o desenvolvimento da trama).

Clara se mostra totalmente aversa a ideia de qualquer envolvimento de sua família com o duque, por isso a ideia de ver sua irmã casada com ele deixa a moça bem contrariada, sim a ideia da avó da moça para resolver a velha rixa é casar a neta mais nova com o duque, o que ela e sua família não esperavam era que o duque se mostrasse parcialmente interessado na ideia, pois ao invés da irmã mais nova, ele se vê atraído por Clara, que fica ainda mais aversa a essa ideia.

Apesar de todo o passado que envolve as famílias, Clara e Adam vão pouco a pouco se relacionando, a autora não cria um relacionamento forçado e embora ele possa ser bem insistente ele não obriga ou força Clara a nada, tudo acontece de forma consensual e gradativa entre eles o que cria uma narrativa mais envolvente e de certa forma acolhedora. Além disso, tudo acontece de forma gradual e aos poucos possibilitando um crescimento dos personagens durante o livro, com isso vamos conhecendo aspectos que possibilitam um maior entendimento sobre as atitudes dos personagens, bem como o passado que ronda o relacionamento entre as duas familias,

 O Duque Mais Perigoso De Londres foi meu primeiro contato com a escrita da autora, eu já tinha lido algumas criticas sobre outros livros dela (de outra série) que me desanimaram um pouco e por isso nunca havia dado uma chance a ela, mas tudo mudou com esse livro, e eu não poderia ter escolhido livro melhor para começar, já que nesse livro Madeline Hunter criou algo encantador e envolvente, perfeito para os amantes de romances de época que assim como eu amam “Os segredos de Colin Bridgerton” de Julia Quinn e a série “O Clube dos Canalhas” de Sarah MacLean.

Além disso, a autora nos presenteia com personagens secundários envolventes que despertam a curiosidade e imaginação dos leitores que poderão, assim como eu, ficar a espera dos demais volumes dessa trilogia e ansiando que cheguem o mais rápido possível.

Livro: O Duque mais perigoso de Londres
Trilogia Decadent Dukes Society – vol. 01
Autora: Madeline Hunter
Editora: Editora Charme
ISBN-13: 9788568056684
ISBN-10: 8568056687
Ano: 2018
Páginas: 304

14 comentários:

  1. Olá! Que bom que apesar das críticas negativas leu, deu uma oportunidade para conhecer a escrita da autora. Nem todo livro da certo para todos. Por isso acho importante sempre ler para ter nossa própria opinião. Bom que escolheu um livro que te envolveu e que acabo gostando. Realmente é bom ter personagens secundários que nos envolve e desperta curiosidade de saber mais sobre eles. Beijos'

    ResponderExcluir
  2. Esse livro deve possuir uma narrativa intensa e surpreendente e como disse deve cativar muito o público feminino com sua bela história.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Que bom que deu uma chance a autora, mesmo com criticas, cada leitor tem um tipo certo de gosto para escrita. Ainda não conhecia esse romance de época, mas pela sua resenha é do tipo que eu me ariscaria em ler.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Uma das minhas metas literárias para esse ano é ler mais romances de época, e esse me chamou bastante a atenção, então já vou adicionar na minha listinha de desejados. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  5. Eu não conheço o trabalho da autora, mas fiquei bem curiosa em conhecer o duque, rs.
    Acho bacana quando mesmo lendo resenhas negativas o leitor dá uma chance pro livro e isso acaba o surpreendendo.
    Confesso que essa capa não me atraiu muito, não sei o por que exatamente, mas não gostei da capa, apesar disso pela sua resenha e pela premissa interessante, está na lista dos desejados para 2019.

    www.fuxicoserabiscos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Parece ser uma leitura bem agradável aos fãs do gênero. Você não citou em nenhum momento, mas creio que a "troca de farpas" entre os protagonistas deve gerar uma leitura bem divertida também, pois se tornou algo clássico nos livros de época. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  7. Oi!


    Conheço a autora, mas assim como você nunca dei uma chance e isso não é pq há resenhas negativas, mas pq já tenho tantos desse gênero que nem sei por onde começar. Gostei da proposta e gostei dos personagens, além disso tudo, pelo que noto, a autor consegue cativar os ledores no primeiro volume da trilogia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Esse livro me surpreendeu bastante. Não conhecia a escrita da Madeline apesar de ter outros livros da autora na estante.
    Adam e Clara são um casal apaixonante e vê-la lutar para salvar a reputação da família dele foi muito bonito.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Eu já estou querendo muito ler esta história, mas primeiro tenho que ler uma série que tenho da autora aqui em casa. E que pretendo começar a ler ainda este ano. Mas tudo em O Duque mais Perigoso de Londres me atrai, desde a aura de mistério em torno do mocinho e sua busca por respostas que provavelmente só encontrará através da Clara, até a própria personalidade da mocinha que parece ser exatamente como as mocinhas que provocam minha admiração nos livros. Mocinha independente e mocinho irresistível, num livro de época = Luna desejando ansiosamente ler. :D

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Oi, eu estava mesmo curiosa para ler uma resenha desse livro, pois no último que li da autora as coisas demoraram bastante para acontecer. Já curti o perfil do casal principal e fiquei animada para ler.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia essa trilogia da autora! Apesar de já ter lido comentários bem elogiosos sobre a escrita da Madeline nunca cheguei de fato a ler uma de suas obras. Sua resenha me deixou muito instigada e agora quero conhecer esse romance. Espero gostar também!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá! Eu não curto muito livros dessa autora, acho que não tive sorte com os que li, achei todos bem forçados... Mas gostei muito da premissa desse livro, talvez ele seja o livro que me fará fazer as pazes com a autora e prosseguir com suas leituras! rsrs
    bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  13. Eu ainda não li nada da autora e pelos seus comentários eu acho que deveria começar por esse também, eu adoro o gênero e a premissa me deixou bem interessada. A sua resenha despertou minha curiosidade pela leitura.

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Até hoje só li um livro da autora e confesso que gostei muito (inclusive é dessa série que todos criticam rs), então estou super curiosa para conferir essa leitura. Saber o quanto você curtiu e o fato de que o romance acontece de maneira gradativa, sem forçação de barra me deixou super empolgada, então, dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...