loja Lendo e Escrevendo: Dry Spell (Vi Keeland) #Resenha

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Dry Spell (Vi Keeland) #Resenha


Ava estava namorando o homem perfeito. Eles se encontraram em lados opostos do tribunal. Depois de duas semanas discutindo sobre um caso de alto perfil, as faíscas queimando tão quentes, ela pensou com certeza que o procurador da corte o prenderia na parede quando entrassem no elevador sozinhos no final do julgamento, mas ao invés disso ele a convidou para sair. E um bom encontro levou a dois, dois levaram a três e, eventualmente, depois de cinco bons encontros, ela estava pronta para quebrar seu longo período de seca. Embora Evan não estivesse fazendo nenhum movimento. Então Ava decidiu tomar o assunto em suas próprias mãos e surpreendê-lo com uma visita tarde da noite. Ele ficou surpreso, mas...


Ava é uma jovem advogada que tem passado por um longo período de seca, o que tem lhe deixado bem frustrada, quando conheceu Evan ela achou que as coisas mudariam bem rápido, afinal os encontros eram ótimos e havia faíscas entre eles, mas após alguns encontros nos quais ele não demonstrou nenhuma iniciativa nesse aspecto, ela decidiu que era hora de tomar as rédeas da situação e investir em um relacionamento mais intimo com ele.

“Estávamos em 2018, não em 1952. Por que eu deveria ficar em casa e esperar que um homem tomasse a atitude? Eu era uma mulher do milênio, pelo amor de Deus”.

Decidida a surpreender Evan e acabar com o período de seca em que se encontrava, Ava decide surpreende-lo em seu apartamento usando a lingerie mais sexy possível, chegando lá ela se surpreende ao encontrar a porta aberta e o barulho do chuveiro ligado, depois disso as coisas não saem nem perto do planejado, ambos estão bem surpresos sim, mas não como ela tinha imaginado. Sentindo-se humilhada e desesperada para sair de lá o mais rápido possível, Ava se vê presa em uma situação extremamente inesperada e conhece Smith, o vizinho boxeador de Evan e alguém diferente do que ela havia imaginado.

“O sarcasmo no canto do lábio dele estava de volta. A noite inteira tinha sido engraçada, mas Smith estava tentando muito manter a expressão neutra, para meu beneficio”.

Dry Spell é um conto sexy, envolvente e bem curtinho escrito pela autora Vi Keeland que com uma escrita fluida e que vai direto ao ponto fará você se divertir e suspirar com os acontecimentos que rodeiam Ava e sua investida em Evan e nas consequências dessa visita. Entretanto, não espere um aprofundamento muito grande na trama, pois o formato de conto limita um pouco o conteúdo do livro, o ponto positivo, como disse antes é que a autora vai direto ao ponto o que possibilita um desenvolvimento um pouco maior da protagonista, ao mesmo tempo é possível questionar algumas atitudes dela na parte final do conto, mas isso cabe a cada leitor que decidir ler o conto. Além disso, ele deixa aquela sensação de quero mais, o que talvez seja sanado pelo filme feito pela PassionFlix com base nesse conto (saiba mais aqui).

Livro: Dry Spell
Autora: Vi Keeland
Editora: Editora Charme
ISBN-13: 9788568056691
ISBN-10: 8568056695
Ano: 2018
Páginas: 60

14 comentários:

  1. Olá!

    Vejo muitos comentários positivos a respeito dessa autora. Interessante esse conto curtinho dela, é bom para mim conhecer mais a respeito da narrativa da autora e ver se realmente vale a pena.
    Essa adaptação me deixou mais empolgada ainda para ler o livro, irei ler a matéria!

    ResponderExcluir
  2. Ola lindona amei esse conto me senti vingada com a protagonista se dando bem. Evan não a merecia e sim o lindo boxeador. Amei essa surpresa da Editora e fiquei com gostinho de quero mais. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  3. Apesar de ser curtinho ainda dá para ter um pouco mais de fôlego, leio alguns com estas páginas e dá para saciar um pouco a sede, mas sei que não fica completo quando a gente fica querendo mais!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu adorei esse conto e Vi Keeland arrasa né. Deixa a gente querendo mais, se tivesse mais páginas certamente eu devoraria também.
    Quero assistir a série que deu origem a ele.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Oi, Pat.
    Ainda não consegui ler nada dessa autora, mas morro de vontade!!
    Acho que esse conto será perfeito para começar!
    Acabei de baixar a minha cópia e vou deixar no e-reader para quando sobrar uma horinha! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca li nada da autora, mas sempre leio muitas resenhas positivas sobre suas obras. Achei a protagonista um tanto louca por ter tomado uma decisão tão impulsiva, sem saber ao certo se seria bem recebida. Ela foi inconsequente e é até previsível que as coisas tenham dado errado. Me pergunto como de fato vai se desenvolver a história dela com o outro personagem, o Smith. Sei que é um conto, mas espero que a autora consiga nos fazer acreditar no envolvimento entre o casal e torcer por eles.

    ResponderExcluir
  7. Um dia, que não é hoje, vou parar de reclamar deste tipo de capa, até lá, quero ver se consigo ser menos chata quanto a isso, porque se existe uma coisa que detesto em new adults, gênero que gosto de ler,m, são capas assim. Nunca li nada desta autora, mas adorei esse enredo.
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu li esse conto rapidinho mesmo, adorei que a editora disponibilizou, amo a escrita da Vii e gostei que dessa vez ela foi direto ao ponto, foi muito bacana de acompanhar e só serviu pra ressaltar como ela é maravilhosa escrevendo!

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca li nada da autora, mas fiquei interessada em começar por esse conto. Parece ser uma leitura bem rapidinha e que bom saber que a autora não se prolonga demais.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. olá...
    eu acho que já vi essa premissa antes, possivelmente alguem falando no conto e eu lembrei agora quando li tua resenha... particularmente não é minha praia, não gosto desse gênero literário... mas pra quem aprecia, acredito que será um conto que vai despertar curiosidade pra ser lido...
    bjs :D

    ResponderExcluir
  11. Nunca tinha ouvido falar desse conto, apesar de gostar do tipo de enredo. Gosto também quando a autora vai direto ao assunto, tramas enroladas demais me dá nos nervos. Só torci o nariz quando você diz que a forma como foi escrito delimitou um pouco as coisas. Mas... nada é perfeito né. Se eu tiver a oportunidade, vou sim considerar dar uma lida no conto.

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia esse conto, mas vejo que está fazendo muito sucesso entre as leitoras. Seu enredo deve ser intenso, surpreendente e bem fluído. Excelente dica de leitura.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse conto ainda, mas já li dois livros da Vi Keeland. Confesso que gostei muito de um e me decepcionei um pouco com o outro, então, quero ler outros livros dela para ver se gosto ou não. A única coisa que me desanima um pouco com esse é o fato de ser conto. Sempre sinto falta de um aprofundamento maior e dificilmente aproveito leituras nesse formato.
    No entanto, adorei ler sua resenha e fico feliz que tenha gostado.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Gosto bastante dos livros da Vi. Não sabia desse conto e já fiquei super curiosa, principalmente a respeito do Smith.
    Bjim!

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...