loja Lendo e Escrevendo: O Vale dos Mortos (Rodrigo de Oliveira) #Resenha

quinta-feira, 2 de maio de 2019

O Vale dos Mortos (Rodrigo de Oliveira) #Resenha


2017... Uma profecia esquecida do Livro do Apocalipse, reiterada por outros profetas modernos, ressurge…Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que o astro passaria a uma distância segura de nós. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer…Então 2/3 de todas as pessoas no Planeta caem desmaiadas, vítimas de um estranho surto… "E abriu-se o poço do abismo, de onde saíram seres como gafanhotos com poderes de escorpiões. E os homens buscarão a morte e a morte fugirá deles.” Apocalipse 9,2-6.E um grupo luta para sobreviver num mundo dominado pelo mal.Com passagens por São Paulo, Brasília, Estados Unidos, China e França, "O Vale dos Mortos" baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa orbita, fatalmente desencadearia uma transformação de grande parte da humanidade, não havendo lugar seguro e ambientes sem infecção, pois ela ocorreria simplesmente pela aproximação do astro. Pegos de surpresa, e tentando entender o que acontecia enquanto buscavam se salvar, um casal e seus filhos iniciam uma jornada para restabelecer alguma condição de vida no que restou de seu próprio mundo.Uma história com muita ação e suspense, que vai deixar você eletrizado.

O Vale dos Mortos é o primeiro livro da série As Crônicas Dos Mortos, livro esse que fez bastante sucesso com os fãs de zumbis aqui no Brasil. A série, atualmente, conta com cinco livros, e acredito que deve vir pelo menos mais um, pois o livro cinco está na parte 1.


Nessa história, temos Ivan e Estela que são um casal feliz comum com dois filhos. A vida do casal é agradável, porém tudo muda quando há a descoberta de um planeta, batizado de Absinto, vindo em direção à Terra. Na verdade, a vida de todos na Terra muda, pois essa possível colisão entre os planetas faz a humanidade criar um caos de medo e tensão. Depois de descobriem que, na verdade, Absinto iria passar a milhões de quilômetros de distância da Terra, a humanidade pode respirar com calma novamente e apreciar um fenômeno incrível. Nossos protagonistas estavam entre os milhões de pessoas apreensivas e respiraram aliviadas com o fato de que todos iriam sobreviver.

O momento em que Absinto iria estar mais próximo da Terra aconteceria no dia 14 de julho de 2018 e nesse dia Ivan e Estela se programaram para ser um sábado como qualquer outro. O que eles não contavam era que uma simples ida ao shopping poderia se tornar um dos momentos mais assustadores de suas vidas.

“Estela e Ivan se entreolharam e tomaram uma decisão juntos sem dizer uma única palavra. [...] Foi quando, sem nenhum aviso, o espetáculo mais bizarro da Terra teve início.”

A maioria das pessoas que estavam no shopping naquele dia desmaiou sem aviso prévio e depois de poucos minutos, elas se levantaram, porém não são mais elas mesmas. São outra coisa... Agora Ivan e Estela tem que proteger sua família de uma horda de comedores de gente. Pessoas que não são mais capazes de pensar e agir como um ser humano normal. Ou eles enfrentam ou eles morrem.

O começo do livro é ótimo, porém depois de um certo tempo as coisas começam a ficar um pouco repetitivas. E, ao mesmo tempo, as situações ficaram fáceis demais para Ivan e sua trupe. Eu senti que tudo ficou estranhamente utópico dentro de um mundo apocalíptico. Isso, até vir um baque de um acontecimento nos capítulos finais. Não sei, mas com um começo tão bacana, eu achei que as coisas seguiram de uma maneira mais dinâmica.

Amo histórias de zumbis e esse livro foi um prato cheio para mim, porém tem um ou outro elemento muito parecido com TWD aqui. O primeiro que pude perceber é que tem um rapaz oriental no grupo. Outro foi uma menina loira zumbi segurando um ursinho. Elementos esses que ganham destaque na série TWD e que é difícil passar despercebido quando acontece em uma outra história.

Apesar desses detalhes que me incomodaram, é um bom livro. Tem muita tensão tanto pelo fator zumbi, quanto pelo fator da própria humanidade não se conter e acabar sendo cruel com eles mesmo. Acabar destruindo a paz e a harmonia que tanto deu trabalho conseguir. Além disso, ainda temos elemento da volta ao mundo. Pedaços do livro foram dedicados a mostrar um pouco de como a proximidade do planeta Absinto afetou outros lugares na Terra, além de São Paulo.

O autor Rodrigo de Oliveira tem uma boa escrita, apesar de perder um pouco de tempo com pontos desnecessários. O autor não tem pena de matar seus personagens e isso me deixou chocada em vários momentos. Quero ler o próximo livro, A Batalha dos Mortos, pois teremos um belo conflito pela frente. Um conflito que acredito ser no estilo Negan de TWD. Medo das mortes que virão.

Livro: O Vale dos Mortos
As Crônicas dos Mortos – vol. 01
Autor: Rodrigo de Oliveira
Editora: Faro Editorial
ISBN-13: 9788562409073
ISBN-10: 8562409073
Ano: 2014
Páginas: 304

Resenha escrita pela colunista Cris para o Lendo e Escrevendo

6 comentários:

  1. É a primeira resenha que leio deste livro e gostei :) apesar do livro não ser meu gênero literário. O fato do autor não ter dó de matar os personagens me chocou também. Como assim? hahaha Espero que leia o próximo livro e seja uma ótima leitura.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia a história. Acho que só li algo envolvendo zumbi em uma distopia e lembro de ter gostado bastante. Mas pela sua resenha notei que é uma história mais sombria e gostei da proposta

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Não é de todo o meu tipo de leitura e, quando é um escritor como diz que coloca alguns pontos desnecessários, acabamos por aborrecer-nos e a leitura ficar presa.
    Contudo, aconselho a ler livros mais soft (se esta não for a sua área de conforto) e, acredite que a próxima leitura irá fluir melhor.


    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oiiii,

    Esse livro não é bem meu estilo, mas vejo tantos elogios para a história que começa a me dar vontade de ler! Mesmo você falando sobre a questão de ter pontos desnecessários!
    Espero que a próxima leitura te agrade e muito!

    Beijão!
    A

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Livro interessante, mesmo tendo similaridades com TWD, como você observou. Conforme ia lendo sua resenha comecei a pensar em um filme, A Noite dos Morto-Vivos - que as pessoas se refugiam em um shopping para escapar de uma horda de zumbis -, mas aí continuei a leitura e... comecei a traçar paralelos com TWD, aí vem você e fala que realmente tem... Legal e ao mesmo tempo perigoso. Legal porque TWD é, atualmente, a "biblía" de livros de zumbis - e bebeu em todas as fontes clássicas. Perigoso, porque começamos a esperar algo mais, um plus, algo que TWD não nos trouxe...
    Enfim, vou colocar o livro na lista de leitura.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cris.
    Como eu sou uma leitora mais medrosa, prefiro me manter longe das histórias de zumbis!
    Pena que, apesar do livro ter começado bem, teve essa parte mais morosa e repetitiva. Também me incomodo quando as coisas são muito fáceis para os protagonistas!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...