loja Lendo e Escrevendo: Li até a página 100 e... | O Feitiço dos Espinhos, de Margaret Rogerson

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Li até a página 100 e... | O Feitiço dos Espinhos, de Margaret Rogerson

 

Comecei a leitura de “O Feitiço dos Espinhos”, de Margaret Rogerson assim que o livro chegou por aqui, admito que foi bem difícil fazer essa pausa para contar um pouquinho sobre o que estou achando dele, pois a leitura prende de tal forma que é praticamente impossível alguém querer parar, mas fiz uma forcinha para responder a  tag Li até a página 100 e... e já vou voltar para a minha leitura.

 

Primeira frase da página 100:


“Ele levou os dedos à boca. Antes que ela pudesse impedi-lo, um assobio rompeu a calmaria”.


Do que se trata o livro?


Elisabeth sempre aprendeu que feiticeiros são maus por natureza, corrompidos pela magia demoníaca que dominam. Uma órfã criada em uma das Grandes Bibliotecas de Austermeer, ela cresceu rodeada pelos grimórios—livros mágicos que sussurram nas prateleiras, estremecem sob correntes de ferro e se transformam em monstros assustadores quando são provocados. Seu maior sonho é se tornar uma Guardiã da Biblioteca e proteger o reino contra a feitiçaria, mas uma sabotagem faz com que Elisabeth se torne a principal suspeita de um crime que não cometeu.

Agora, forçada a ir para a capital enfrentar a justiça, ela só tem dois aliados: o feiticeiro Nathaniel Thorn e o misterioso criado dele, Silas. Não demora muito até que a garota perceba que está envolvida em uma conspiração muito maior do que esperava… E incrivelmente mais perigosa. À medida que sua aliança com Nathaniel se torna cada vez mais forte, Elisabeth é obrigada a questionar tudo o que sabe sobre a feitiçaria, sobre as bibliotecas e, acima de tudo, sobre si mesma.


O que você está achando até agora?

O interessante desse livro é que é uma fantasia em volume único, algo raro para o gênero, por isso tem sido bem interessante e surpreendente como a autora tem conseguido deixar tudo bem explicado e bem amarrado durante os acontecimentos. Além disso, cenas de tirar o fôlego prendem o leitor de tal forma, que é impossível querer largar o livro.


O que está achando da personagem principal?

 Elizabeth é uma protagonista forte, determinada, um tanto impulsiva e um imã para problemas... aorei! Sua relação com os livros e grimórios é tão importante para ela que fará de tudo para que sejam mantidos em segurança, mas devido aos últimos conhecimentos ela começa a perceber que nem tudo é o que parece.


Melhor quote até agora:

Tem um que adorei, mas seria um baita spoiler e não faria isso com vocês.


Vai continuar lendo?

Sim!!!! Só parei para fazer o post mesmo.


Última frase da página 100:

“ – Acabei não respondendo à sua pergunta – disse ele por cima do ombro, andando na direção da barraca. – Sem acreditar em nada, se tem muito menos a perder.”

Essa não é a última frase da página, mas é a última do trecho começado pouco antes.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...