loja Lendo e Escrevendo: Outubro Rosa #bookTag

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Outubro Rosa #bookTag

 


Chegamos à reta final de 2020 e ao mês da campanha do Outubro Rosa. Criado na década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, O Outubro Rosa é uma campanha internacional de conscientização para o controle do câncer de mama. No Brasil a campanha teve um inicio nos anos 2000 com um evento realizado no Ibirapuera. Extremamente importante, a campanha visa conscientizar as pessoas de que o “diagnóstico precoce ainda é o maior aliado para o tratamento eficaz do câncer de mama. Quando identificado cedo pode ser tratado, impedindo que o tumor alcance outros órgãos”*.

 Como tag temática para outubro eu trouxe a #booktag #outubrorosabooktag que vi no blog Em Cada página.

 

Campanha (um livro que você indica para todos):

 Para quem gosta de romances de época eu sempre indico os da Emma Wildes.

É a maior fofoca da cidade! Em um momento de embriaguez, dois dos maiores libertinos de Londres - o Conde de Manderville e o Duque de Rothay— estabelecem uma aposta pública, onde querem descobrir qual dos dois é o melhor amante. Mas qual mulher bela, inteligente e de discernimento consentiria ir para cama com dois homens e declarar qual deles é o mais hábil em satisfazer seus desejos mais profundos? Lady Caroline Wynn é a última mulher que qualquer um esperaria que se oferecesse para tal. A jovem e respeitável viúva decidiu manter-se longe de casamentos. Ela pode até não desejar um novo marido, mas seu breve matrimônio deixou algumas dúvidas escandalosas a respeito da intimidade entre casais. Se o Conde e o Duque concordarem em manter sua identidade em segredo, ela irá decidir qual dos dois é o mais experiente debaixo dos lençóis. Mas para a surpresa de todos, o que começa como uma proposta indecente pode se tornar uma lição surpreendente a respeito do verdadeiro amor.

 

Prevenção (um livro com aviso de gatilho):

 

Verity Crawford é a autora best-seller por trás de uma série de sucesso. Ela está no auge de sua carreira, aclamada pela crítica e pelo público, no entanto, um súbito e terrível acidente acaba interrompendo suas atividades, deixando-a sem condições de concluir a história... E é nessa complexa circunstância que surge Lowen Ashleigh, uma escritora à beira da falência convidada a escrever, sob um pseudônimo, os três livros restantes da já consolidada série. Para que consiga entender melhor o processo criativo de Verity com relação aos livros publicados e, ainda, tentar descobrir seus possíveis planos para os próximos, Lowen decide passar alguns dias na casa dos Crawford, imersa no caótico escritório de Verity – e, lá, encontra uma espécie de autobiografia onde a escritora narra os fatos acontecidos desde o dia em que conhece Jeremy, seu marido, até os instantes imediatamente anteriores a seu acidente – incluindo sua perspectiva sobre as tragédias ocorridas às filhas do casal. Quanto mais o tempo passa, mais Lowen se percebe envolvida em uma confusa rede de mentiras e segredos, e, lentamente, adquire sua própria posição no jogo psicológico que rodeia aquela casa. Emocional e fisicamente atraída por Jeremy, ela precisa decidir: expor uma versão que nem ele conhece sobre a própria esposa ou manter o sigilo dos escritos de Verity?

 

Câncer (um livro com um personagem que devemos ter cuidado):

 Indo para o mundo das Hq’s temos Lex Luthor

 

Dia mundial (um livro que todo mundo ama):

 

Harry Potter é uma série com grande valor sentimental para muita gente.

Conheça Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas. O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais.

 

 

Rosa (um livro de capa rosa):

 

Mia sabe que é fruto de um caso que sua mãe teve há muitos anos e só vê o pai nas férias e no Natal. Até que um dia ele descobre que não pode mais ter filhos. Nada surpreendente se não fosse por um detalhe: Mia descobre que seu pai é um príncipe. Ou seja, de uma hora para outra a jovem é a única herdeira do trono da Genovia. Sendo uma princesa e na verdade se chamando Amelia Mignonette Grimaldi Thermopolis Renaldo, a vida de Mia muda completamente. Ela passa a ser abordada por paparazzis que invadem seu colégio para fotografá-la e como num passe de mágica ela é popular. Mas, ainda longe de ser uma Cinderela, a jovem se vê obrigada a deixar sua cidade, seu colégio e ainda por cima, ter aulas de boas maneiras com sua avó, uma européia tradicional. Se o sonho de muitas meninas da idade de Mia é ser uma princesa, para ela isso pode virar um verdadeiro pesadelo.O diário da princesa são lembranças de qualquer adolescente da idade de Mia. Ela vive em Nova York, em Greenwich Village, com a mãe, uma pintora de sucesso que de uma hora para outra começa a namorar seu professor de álgebra — um verdadeiro mico perante a turma. Mia é desajeitada, tem os pés enormes e diferente da maioria das amigas parece uma tábua de passar roupas. Sua melhor amiga, Lilly, é feiosa e comanda um programa de televisão no canal do colégio. Os sonhos mais quentes de seu diário se resumem em beijar Josh Richter — o garoto mais popular do colégio. A heroína de O diário da princesa irá conquistar os corações de todas as adolescentes ao redor do mundo que um dia sonharam em usar uma coroa cravejada de brilhantes.

 

 

Autoexame (um livro reflexivo):

 

De modo geral, buscamos a ajuda de um terapeuta para melhor compreender as angústias, os medos, a culpa ou quaisquer outros sentimentos que nos causam desconforto e sofrimento. Mas quantos de nós já paramos para perguntar: o terapeuta está imune à gama de questões que ele auxilia seus pacientes a dirimir e superar, dia após dia? A autora best-seller e terapeuta Lori Gottlieb nos mostra que a resposta a essa pergunta traz revelações surpreendentes. Quando ela se vê emocionalmente incapaz de gerenciar uma situação que perturba sua vida, uma amiga lhe faz uma sugestão: talvez você deva conversar com alguém. Combinando histórias reunidas a partir de sua rica trajetória como terapeuta (distribuídas entre quatro personagens inesquecíveis) à sua própria experiência como paciente, Lori nos oferece um relato afetuoso, leve e comovente sobre a universalidade de nossas perguntas e ansiedades, e joga luz sobre o que há de mais misterioso em nós, afirmando nossa capacidade de mudar nossas vidas.

Uma jornada emocionante de autodescoberta, uma homenagem à natureza humana e um lembrete sobre a importância de sermos ouvidos, mas também de sabermos ouvir. Um livro sobre a importância dos encontros, dos afetos e da coragem de todos os que partimos para a aventura do autoconhecimento.

 

Médico (um livro que todo mundo deveria ler):

 

No mundo da fantasia recomendo o Arc of a Scythe, do Neal Shusterman publicado pela Editora Seguinte.

Primeiro mandamento: matarás.

A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria... Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador - papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.

 

 

Luta (um livro difícil de terminar):

Geralmente se o livro não funciona eu largo, então nem termino.

 

Peito (um livro com um lugar especial no seu coração):

 Osda, Crônicas Vampirescas, Nárnia....

 

Risco (um livro que você tem medo de ler):

Medo? Nenhum, mas tem alguns gêneros que não gosto.

 

Conscientização (um livro informativo):

 

O câncer, chamado por alguns da doença do século, vem apresentando visível aumento de novos casos nas últimas décadas e estima-se que nos próximos anos seja a maior causa de mortalidade, ultrapassando até mesmo as doenças cardiovasculares. Nesse cenário, um tanto desanimador, existem fatos encorajadores que podem melhorar as expectativas de pacientes e familiares que enfrentam essa batalha. Os avanços tecnológicos incluindo novas drogas, técnicas mais eficazes de radioterapia e procedimentos cirúrgicos menos invasivos, em conjunto com a conscientização da população de um estilo de vida mais saudável e a incorporação dos exames de rastreamento na nossa rotina, podem ser armas essenciais para prevenir o câncer ou curar-se dele com tratamentos menos complexos e menos agressivos ao nosso corpo.

 

 

Ah! Eu fiz umas pequenas mudanças em alguns itens da tag.

 

*Fonte: Blog da Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...