Capas iguais, histórias diferentes | Tayler X Voto de sangue


Às vezes me pergunto se usar uma imagem do banco vale realmente a pena, afinal coincidências de capas com a mesma imagem sempre acabam acontecendo. No post de hoje do Capas iguais, histórias diferentes trouxe duas capas que usaram a mesma imagem como base, mas vocês decidem, qual ficou melhor?

Tayler, de Carolina Dalcomuni (publicado em 2019)

Meu nome é Alexa, eu sou a filha do presidente de um dos maiores e mais perigosos clubes MC de todos os tempos. Eu sempre consegui tudo o que quis. Todos sempre estiveram ansiosos para me agradar e se não estivessem, bastava uma visita do clube e eu logo teria o que me negaram. Isso até Tayler. O VP do clube do meu pai, o homem que se tornou fruto de todas as minhas fantasias mais depravadas, e um dos homens mais perigosos que eu já conheci. Nesse jogo ter o que eu quero não significa que eu ganhei, muito pelo contrário, um único momento em seus braços não é suficiente. Como membro do Realeza MC, eu não tenho medo de nada. Sentimentos não estão envolvidos quando eu estou no jogo. Mas as coisas estão prestes a mudar, Alexa é tudo aquilo que eu não preciso, doce, determinada e a filha do Presidente do clube. Tudo nela grita problemas, mas quem disse que eu costumo ouvir o que me dizem? Uma noite foi tudo o que precisou para que eu soubesse que ela era tudo o que eu não precisava, mas tudo o que queria, então ela se foi e eu não a vi por muito tempo. Agora ela está de volta e eu vou mostrar a quem ela pertence.

Voto de sangue, de J. R. Ward (publicado em 2020)

Entre os trainees do programa, Axe se revela um lutador perigoso e esperto – e também solitário, isolado por causa de uma tragédia pessoal. E, quando uma fêmea aristocrata precisa de um guarda-costas, Axe aceita o trabalho, embora esteja despreparado para a atração violenta que se acende entre ele e aquela a quem jura proteger.

Elise perdeu a prima num assassinato terrível, e o charme perigoso de Axe, o guarda-costas contratado por seu pai, é incrivelmente sedutor – e talvez funcione como distração do luto. No entanto, conforme investigam mais a morte da prima, e a atração física entre ambos se intensifica, Axe teme que os segredos dele e sua consciência torturada acabem afastando-os.

Enquanto isso, Rhage, o Irmão com mais sensibilidade, sabe tudo sobre autopunição, e quer ajudar Axe a atingir todo o seu potencial. Contudo, uma visita inesperada ameaça sua família, e ele se vê mais uma vez nas trincheiras lutando contra um destino que poderá destruir o que lhe é mais valioso.

Tanto as tribulações enfrentadas por Axe como as de Rhage vão exigir que os machos superem seus limites – e rezem para que o amor, em vez da raiva, seja as lanternas de ambos na escuridão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Bookhalic assumida, seu amor pelos livros me levou a criar o blog Lendo e Escrevendo, há alguns anos. Minha paixão por eles me fez continuar. No blog e redes sociais você encontrará muitas novidades, resenhas, fotos e vídeos sobre o mundo literário.

Procurando algo?

Caixa de Busca

Destaque

Novidades e novas imagens da terceira temporada de Bridgerton

Em diversos países hoje é comemorado o Valentine’s day e quem ganhou presente foram os fãs de Bridgerton! Em um evento de divulgação da nova...

Facebook

@pah_lendoescrevendo

Seguidores

Siga no Twitter

@daspaginaspraspanelas

Novidades

newsletter

Skoob

Posts Populares

Tecnologia do Blogger.

Protegido

Protegido