domingo, 6 de setembro de 2015

Wrong Number, Right Guy (Elle Casey) #Resenha

The Bourbon Street Boys – volume 01

Quando uma mensagem de texto misteriosa envia May Wexler para um bar de motoqueiros no centro de Nova Orleans, ela sabe que algo está muito errado. Sua irmã enviou um SOS, mas quando ela chega lá, sua irmã está longe de ser encontrada e May é a única com problemas, ela está usando sapatos rosa, tem um Chihuahua em sua bolsa, e ela está no meio de um tiroteio.Depois que Ozzie, um cara alto e musculoso vem em seu socorro, May não tem escolha senão segui-lo para a segurança. Na sede de sua empresa de segurança privada, The Bourbon Street Boys, ela encontra um refúgio para a noite e a oferta de um emprego. Mas um stalker de arma em punho não é a única complicação na vida de May: quanto mais tempo que ela gasta com Ozzie, menos ela pode negar que eles têm alguma grande química. Um número errado conseguiu a meteu nessa confusão ... Será que vai levá-la também para o cara certo?

May Wexler é o tipo de garota que sabe o que quer, uma infância e adolescência não muito fáceis fizeram com que ela e sua irmã se tornassem extremamente próximas, e o porto seguro uma da outra. Fotografa May não está tendo sucesso financeiro por conta da crise e do baixo número de casamentos, tudo muda quando uma noite ela recebe uma mensagem confusa de SOS de sua irmã mais velha, e o mundo de May vira de cabeça para baixo.

Jenny’s my rock. The shoulder I can Always lean on. But making the move of coming here to be near her didin´t magically send the baggage I’ve been carrying around p to the artic. The specters of my family’s past still follow me, still haunt me, still influence the way I fell about myself, my life and every single guy I come into contact with in a romantic way. It’s really pretty pitiful, actualy.

Confusa sobre o que poderia ter levado sua irmã, e os filhos dela, a um bar de motoqueiros um tanto quanto duvidoso, May parte em uma missão de resgate que acaba completamente diferente do planejado. Agora May pode estar em perigo, e deve confiar em um estranho com uma barba horrível (sim isso é importante) para ajuda-la. E quem sabe em meio a tudo isso, encontrar um novo proposito para sua vida e profissão.

“I was thinking tha event though it seemed wrong at the start, and you seemed wrong at the start with that horrible beard and all, things turned out pretty good in retrospect”.

Quem já leu alguma resenha minha, sobre algum dos livros da autora, sabe que eu ADORO a escrita dela, e os personagens cativantes que a autora cria, por isso a expectativa para esse livro estava altíssima, e bem... mais uma vez a autora se superou e criou um livro incrível, com personagens que falam o que pensam e que adicionam conteúdo ao livro, a autora não colocou nenhum personagem que estivesse ali à toa ou sem um propósito.

May sempre fala o que pensa e é um pouco impulsiva, e depois é que se dá conta das consequências, porém em momentos importantes ela respira fundo e pensa nas possibilidades, e no que diz respeito à Ozzie as possibilidades são infinitas, ela é o tipo de personagem que agrada à quase todos à sua volta. Em contrapartida, temos Ozzie, reservado e autoritário no trabalho de segurança ele fará de tudo para resolver os problemas que aparecerem pela frente, mesmo que tenha que lutar contra alguns de seus instintos.


Elle Casey possui uma escrita versátil e inovadora a cada livro escrito, por isso, mal posso esperar pelos demais livros desta série. Wrong Number, Right Guy inicia a série The Bourbon Street Boys, e esse livro mostrou que os rapazes viram para ficar, com uma mistura de ação, romance, e aventura o livro promete agradar a vários leitores.

****

The Bourbon Street Boys – book 01

When a mysterious text message summons May Wexler to a biker bar in downtown New Orleans, she knows something is very wrong. Her sister has sent out an SOS, but when May gets there, she’s nowhere to be found and May is the one in trouble—she’s wearing pink espadrilles, she’s got a Chihuahua in her purse, and she’s in the middle of a shootout.
After tall, muscular Ozzie comes to her rescue, May has no choice but to follow him to safety. At the headquarters of his private security firm, the Bourbon Street Boys, she finds a refuge for the night—and the offer of a job. But it’s not long before a gun-toting stalker isn’t the only complication in May’s life: the more time she spends with Ozzie, the less she can deny that they’ve got some serious chemistry. A wrong number got her into this mess…Will it also get her the right guy?

May Wexler is the kind of girl who knows what she wants, a childhood and adolescence not very easy made her and her sister became extremely close, and the safe haven of each other. May photographing is not having financial success due to the crisis and the low number of weddings, everything changes when one night she gets a mixed message of SOS of her older sister, and the world of May turned upside down.

Jenny’s my rock. The shoulder I can Always lean on. But making the move of coming here to be near her didin´t magically send the baggage I’ve been carrying around p to the artic. The specters of my family’s past still follow me, still haunt me, still influence the way I fell about myself, my life and every single guy I come into contact with in a romantic way. It’s really pretty pitiful, actualy.

Confused about what might have taken her sister and children at a biker bar, May part in a rescue mission that turns out completely different than planned. May now could be in danger, and must trust a stranger with a horrible beard to help her. And perhaps in the midst of all this, find a new purpose for his life and profession.

Anyone who has read any my review about one of the author's books, knows that I LOVE her writing, and endearing characters that the author creates, so the expectation for this book was very high, and well ... once again Elle excelled and created an incredible book, with characters who speak their minds and adding content to the book, the author doesn’t put any character who was there by chance or without a purpose.

“I was thinking tha event though it seemed wrong at the start, and you seemed wrong at the start with that horrible beard and all, things turned out pretty good in retrospect”.

May always speaks what’s on her mind and is somewhat impulsive, and later she realizes the consequences, but in important moments she takes a deep breath and think about the possibilities, and with regard to Ozzie the possibilities are endless, she is the kind character that appeals to almost everyone around her. In contrast, Ozzie is reserved and authoritarian in the security work, he will do everything to solve the problems that appear ahead, even if he has to fight some of your instincts.

Elle Casey has a versatile and innovative writing every written book, so I barely can’t wait for the other books in this series. Wrong Number, Right Guy starts The Bourbon Street Boys series, and this book showed that the boys turn to stay with a blend of action, romance, and adventure book promises to please many readers.

10 comentários:

  1. Oii, nunca tinha ouvido falar do livro e não me interessei muito. Uma coisa que eu gostei muito foi você fazendo a resenha em português e em inglês, primeira vez que eu vejo isso hehe.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Eu não conhecia a obra, mas curti bastante a premissa
    Leria sim com certeza, a sua resenha conseguiu despertar meu interesse completamente. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Amei sua resenha em português e em inglês :)
    Ainda não conhecia o livro, mas fiquei curiosa porque gosto desse estilo de romance, mas vou ter que superar minha preguiça e meu inglês enferrujado se quiser ler rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. nunca tinha ouvido falar nesse livro mas a premissa dele me soou bem confusa... não sei se faria a leitura dele... :s
    o lance da barba me deixou voando, completamente :o

    ResponderExcluir
  5. AI, QUE CHIQUE ESSA RESENHA! Haha. Adorei a iniciativa em apresentar um livro em inglês. Estou cursando esse idioma, mas ainda não estou apta para uma leitura tão complexa. Mesmo assim marquei a dica. O livro parece ótimo! Diferente de você, flor, não conheço a autora. Fiquei curiosa, no entanto, com que tipo de perigo a personagem tem de lidar e por que um sujeito estranho, com uma barba horrível, pode ajudá-la. Aiai, terei de ler.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Primeiramente parabéns pela resenha em inglês
    Eu adorei esse livro
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Nossa, adorei seu post! E sua resenha em inglês também, muito legal!! A premissa do livro me deixou meio confusa, portanto não sei se é meu tipo de livro (se é que tenho um tipo, hehe). Ainda assim gostei bastante da forma como desenvolveu o texto, fiquei curiosa com a leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Arrasou na resenha bilíngue!
    Parabéns.
    Gostei muito da história, principalmente o motoqueiro com a barba péssima, é claro que estou morrendo de curiosidade em ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Que bacana isso de fazer duas versões da mesma postagem em ing/pt! E que curioso isso da barba, você criou um mistério sobre ela na resenha que me deu vontade de adicionar esse livro na minha wishlist.

    Beijos,
    Miss Sorrisos Blog
    Twitter|Wattpad|Instagram


    ResponderExcluir
  10. Sobre o livro eu quero hahaha, fiquei curiosa e acho que irei gostar.
    E mano que muito legal essas duas versões de resenha. :D
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...