loja Lendo e Escrevendo: Soulless: The Manga | The Parasol Protectorate – vol. 01 | Gail Carriger #Resenha

segunda-feira, 18 de maio de 2020

Soulless: The Manga | The Parasol Protectorate – vol. 01 | Gail Carriger #Resenha


A vida de uma solteirona na Londres vitoriana não é fácil nos melhores dias, mas essa vida se torna infinitamente mais complicada quando a solteirona é "sem alma" - uma preternatural que preenche a lacuna entre os mundos natural e sobrenatural. A senhorita Alexia Tarabotti tem essa distinção única e, quando é atacada em uma reunião formal por um vampiro, um encontro que resulta na morte da criatura meio faminta, suas circunstâncias se tornam exponencialmente mais complicadas! Agora envolvida em uma intriga com riscos de vida ou morte, Alexia deve confiar em todos os seus talentos para superar as forças que conspiram contra ela, mas pode ser o homem que chamou sua atenção - Lorde Conall Maccon - e seu flerte que realmente impulsiona ela até o fim de sua inteligência!

Publicado no Brasil pela Editora Valentina a série steampunk e fantasia ‘O Protetoradoda Sombrinha’ ganhou há alguns anos uma adaptação em três volumes para mangá ilustrado por Rem Koolhaas. O mangá lançado em inglês infelizmente não foi lançado aqui, por isso a alternativa foi importar os três volumes. Eu já tenho meus exemplares há um bom tempo, já mostrei algumas fotos para vocês no insta, mas percebi que até hoje não havia trazido a resenha para vocês.


Alexia é o tipo de personagem a frente de seu tempo, em uma sociedade londrina antiga, ela age como quer e fala o que pensa conseguindo facilmente tirar as pessoas do sério, especialmente o Lorde Maccon .Os problemas começam a surgir (piorar na verdade) quando em meio de um baile ela é atacada e coisas estranhas acontecem. Considerada rara e temida pela natureza de seus poderes, ela é uma personagem peculiar e é interessante ver o desenrolar de toda essa situação e o envolvimento com Lorde Maccon que vai crescendo durante a investigação sobre o atacante vai.

Fonte
Utilizando parte do texto original a adaptação é uma experiência interessante para aqueles que já leram os livros, mas ao mesmo tempo é algo novo e diferente, mas assim como diversas adaptações de livros para o cinema, essa adaptação perde parte de sua essência, se por um lado passa a ideia geral do original da trama, bem como a personalidade dos personagens, por outro os personagens perdem parte da caracterização, o que pode ser visto especialmente na protagonista que ganha uma aparência diferente da do livro. Essa transformação pode ser para atrair mais leitores? Pode, mas quem leu os livros irá notar as diferenças, embora elas não façam muita diferença no conjunto geral da leitura. 

Apesar das mudanças, o mangá apresenta um desenho limpo e nítido, sendo possível acompanhar os acontecimentos com a clareza necessária, e o melhor? Cada uma das invenções estranhas e diferentes do livro ganham vida e visual dando uma nova perspectiva aos acontecimentos do original.

De modo geral, o primeiro volume apresenta uma narrativa imersiva ao mundo recriado pela autora, ele apresenta todos os conceitos necessários para o entendimento de tudo o que está acontecendo com a protagonista e ao redor dela. Além disso, é um livro que deve agradar diferentes leitores, pois tem romance, comédia, elementos steampunk e seres sobrenaturais e um pouco de drama, mas não se preocupe, não há nada em excesso, os elementos são bem inseridos e trabalhados no decorrer da obra.

Soulless: The Manga
The Parasol Protectorate – vol. 01
232 páginas
Editora: Yen Press
ASIN: B00DZW4UPQ

13 comentários:

  1. Eu tive o primeiro livro da série por anos na estante, mas acabei trocando. Saber que agora foi adaptado pra mangá, me dá uma nostalgia sabendo que estou perdendo algo. Será que leio o livro primeiro??? Fiquei bem interessada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Nunca li um mangá, mas fiquei bem curiosa para ler este, pois pelo o que tu disse parece ser muito bom. Adorei a resenha e dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Oi Pah.

    Adorei sua resenha mostrando o mangá, pela que não foi publicado aqui no Brasil porque ele contém uma história interessante. Obrigada pela dica porque não conhecia deste mangá.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Olá, como vão as coisas?

    Eu costumava ler mangás quando eu era criança, porém, perdi esse hábito e não faço ideia do porquê. Eu não tive contato com essa série nem com os mangás, e confesso que não me interessei muito. Mas adorei a sua resenha, acredito que deve agradar muita gente.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Uau que não sabia que tinha mangá dessa série?! Dessa forma fiquei bem mais interessada no enredo. Mas esses três volume embarca a série inteira?! Ou somente parte dela? Pelo que vejo, apesar da mudança, podendo contar a história de modo claro, ainda me interesso. Adorei saber mais sobre!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Pah.
    Essa é uma série que eu sonho ler! Não sabia sobre os mangás, mas há fiquei imaginando que deve ser uma ótima experiência. Algumas histórias que eu amo ganharam versões em quadrinho e achei demais!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Adoro ver uma adaptação de alguma obra em mangá! Sei que tem de Orgulho e Preconceito, que também não foi lançado aqui. Pela imagem que você mostrou, parece mesmo um mangá com traço bem clean, gosto assim.
    bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Adoro mangás, são bem criativos, pena que esse não saiu aqui, gostaria de conferir também. Adorei sua resenha e suas considerações sobre a história, obrigado por isso. Quem sabe daqui anos eles nos agracie com a publicação, bjs!

    ResponderExcluir
  9. Nossa que interessante! Tenho vontade de ler O Protetorado da Sombrinha e saber que virou mangá despertou ainda mais minha curiosidade. Pena mesmo que ainda não tem sua versão em português!

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem ?
    Acho o universo Mangá riquíssimo, eu nunca li nada, mas sempre que vejo resenhas, fico encantada. Muito legal saber que veio do livro. E vejo cada vez mais alguns autores seguindo essa temática de lançar obras em Novel ou Mangá. Tem um público muito grande né ?
    Adorei conhecer sobre.
    Beijos.
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Tá aí um mangá que desejo ler, um que passa na época vitoriana. Essa história com certeza me cativará, bem, já me cativou desde que li a resenha. Anotada na minha lista.

    ResponderExcluir
  12. olá,

    eu tenho um livro da série e nunca iniciei e nem lembro os motivos para isso. Acho que preguiça kkk, mas não sabia que tinha em HQ e fiquei tentada a ler nesse formato e depois passar para os livros da Valentina.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu já ouvi falar sobre a série O protetorado da sombrinha, mas não sabia que tinha sido adaptada para os mangás. Confesso que a premissa da obra nunca me atraiu muito, por isso nunca li os livros e nem fiquei curiosa para ler o mangá. Mas para quem gosta dos livros, acredito que seja muito interessante ler os mangás. Que pena que algumas coisas se perderam, como em toda adaptação, mas que bom que manteve a essência dos livros originais.
    Adorei ler sua resenha e fico feliz que, de um modo geral, você gostou da leitura. Para quem gosta dos livros ou curte mangás, acho que é uma ótima opção.
    Beijos!

    ResponderExcluir


Se Chegou até aqui que tal comentar?!


Sua opinião é importante, assim sei o que está achando. Além disso, comentários são bem vindos, mas seja educado ;)

- AVISO: O blog NÃO disponibiliza livros para download, e NÃO permite comentários que contenham links para essa finalidade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...